WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Técnicos e secretários de Saúde da Regional de Aracaju discutem pactuações

20/04/2017 - 16h28
clique para ampliarFotos:Ascom/SMS
clique para ampliarAna Débora Santana e Sayonara Carvalho
clique para ampliarJosieme Moura, técnica da SES
clique para ampliar

Os técnicos da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) participaram da 3ª Reunião Ordinária do Colegiado Interfederativo Regional (CIR) Aracaju, que é composto por oito municípios, inclusive a capital. O encontro aconteceu na manhã desta quinta-feira, 20, no auditório da Diretoria de Vigilância Sanitária Estadual (Divisa). Eles discutiram temas pertinentes à saúde da Região como a solicitação dos recursos retroativos de equipes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) da SMS de Aracaju, bem como as metas dos indicadores do Sispacto 2017, entre outras pautas.

De acordo com Sayonara Carvalho, técnica da Assessoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (Asplandi) da SMS, uma das principais metas da atual gestão é fortalecer as pautas de pactuação das ações de saúde no âmbito municipal e regional através do CIR. “O CIR é um espaço para discussão, pactuação e alinhamento de metas das Secretarias de Saúde da Regional, porque cada vez mais temos necessidade de discutir a saúde por região, para que haja integração da rede. Isso significa melhorar o tempo resposta para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS)”, informou a assessora técnica da Asplandi.

A coordenadora do Nasf, Clesy Martins, explicou que houve um problema na alimentação de um sistema do Ministério da Saúde na antiga gestão e isso ocasionou o corte do recurso destinado a seis equipes do Nasf. “A atual gestão vem arrumando a casa e nós detectamos o problema e já solucionamos, agora estamos solicitando os recursos retroativos porque o Ministério nos deu seis meses para correção, mas já fizemos isso. Está tudo normalizado”, disse a coordenadora. Ela confirmou a existência de nove equipes de Nasf na capital, que apoiam 23 unidades de saúde da família (USF’s), ou seja, mais de 50% das USF’s.

A técnica da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Josieme Moura, fez uma explanação das metas dos indicadores da Região no Sispacto 2017, que é um sistema de pactuação de metas e indicadores do Ministério da Saúde que todos os municípios e estados devem cumprir, sob pena de perderem recursos. Exemplo disso são: cobertura vacinal desejada, redução de mortalidade infantil e dos casos de dengue, aumento de consultas de pré-natal, todo município deve ter Conselho Municipal de Saúde, percentual de cura de casos novos de hanseníase e tuberculose, entre outros indicadores. Sayonara Carvalho, assessora da Asplandi, disse que processo e resultado dos indicadores ajudam na construção de políticas públicas para o Plano Municipal de Saúde que será confeccionado ainda este ano para o quadriênio 2018 a 2021.

A reunião do CIR serviu ainda para informar sobre a distribuição dos repelentes às gestantes do município de Aracaju iniciada na semana passada. Além disso, foi explanada como a gestão vem trabalhando para buscar mais recursos para a saúde através das emendas parlamentares 2017, como está o andamento dos projetos de cirurgias eletivas que visam melhorar as filas de espera, entre outros temas regionais e estaduais.

Participação

Estiveram presentes à reunião Ana Débora Santana, consultora para Assuntos Governamentais da SMS; Guadalupe Ferreira, diretora de Atenção à Saúde da SMS; Ana Márcia Menezes, coordenadora municipal da Rede Especializada; Kátia Cristina de Oliveira, secretária executiva do CIR/Aracaju; Raulina Gomes, técnica da Diretoria de Vigilância em Saúde da SMS; Marina Manzano, técnica do Núcleo de Controle de Avaliação, Auditoria e Regulação (Nucaar); Helissandra Alves, técnica do Programa Municipal de Saúde da Mulher; João Lima Júnior, diretor de Atenção Integral à Saúde da SES; Magareth Hora, assessora do Colegiado Interfederativo Estadual (CIE), secretários e representantes dos demais municípios da Regional de Saúde: Barra dos Coqueiros, Divina Pastora, Itaporanga D´Ajuda, Laranjeiras, Riachuelo, Santa Rosa de Lima e São Cristóvão.

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital