Prefeitura Municipal de Aracaju/SE

Emurb provome ações de saúde aos servidores

Para manter a rotina de trabalho eficiente e com muita celeridade é necessário cuidar bem das pessoas que executam as tarefas e serviços por toda  a cidade. É por isso que a Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), em parceria com a Secretaria de Saúde do Município, trouxe o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) Itinerante para atender ao quadro de servidores com ações preventivas.

Com uma estrutura adequada, os colaboradores da empresa tiveram a oportunidade de fazer testes de HIV, sífilis, hepatite B e C. Os procedimentos duravam em torno de 15 minutos por meio de três procedimentos simples: cadastro, exame e resultado. O auxiliar de manutenção, Artur Francolino, realizou os testes e contou como foi a facilidade de ter os procedimentos no ambiente de trabalho. "Sempre damos a desculpa de não ter tempo para fazer nenhum tipo de exame por conta do tempo corrido no trabalho, e ter esse benefício aqui é essencial. Agora só não faz quem não quer", disse seu Artur que realizou os exames de Hepatite.

A enfermeira Silvana Gomes explica a importância da iniciativa. "Estamos promovendo estas ações direcionada ao público masculino por entender que é uma parcela mais displicente a realizar procedimentos como estes. De acordo com Silvana a Secretaria Municipal da Saúde está apoiando o programa. "Quero agradecer a Secretaria de Saúde por todo suporte e patrocínio para que até o final de novembro possamos concluir a campanha de vacinação e testes rápidos", enfatiza.

Preservativos masculinos e femininos foram distribuídos durante a ação, as equipes ainda fizeram toda a orientação necessária para o uso dos mesmos.

O programa

O serviço do CTA Itinerante é uma forma humanizada de atender também a população que não consegue acessar os serviços de saúde. O Centro de Testagem e Aconselhamento fixo está situado na Semarh, Rua Bahia no bairro Siqueira Campos. "Qualquer pessoa pode ser atendida no Centro de Testagem e Aconselhamento, apenas é necessário levar o cartão SUS e um documento com foto", informa Debora Oliveira, coordenadora do programa, que também faz um reforço aos atendimentos a qualquer pessoa.