WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Fundat qualifica e muda a vida de centenas de pessoas

07/12/2017 - 09h13
clique para ampliarHá cerca de seis meses, Ademir Melo procurou a Fundat pela primeira vez para se qualificar (Fotos: Silvio Rocha)
clique para ampliarAos 19 anos, completando o ensino médio e já à procura de emprego, Ágata Reis percebeu que precisava de cursos complementares
clique para ampliarAlém de melhorar o currículo, Tatiane queria uma renda extra nas horas vagas atuando na área de estética
clique para ampliarO coordenador da UQP, Ricardo Luiz Menezes dos Santos, conta como as coisas melhoraram com a atual gestão

Em uma época onde a procura por vagas de emprego ainda é maior que a demanda, a qualificação profissional faz a diferença. É acreditando nisso que a Unidade de Qualificação Profissional (UQP) da Fundação Municipal de Formação para o Trabalho no bairro Porto D'antas, localizado na zona Norte de Aracaju, tem ofertado uma grande quantidade de cursos e mudado a realidade econômica da comunidade.

Durante o ano, cerca de 800 alunos se qualificaram em algum dos 21 cursos oferecidos na unidade, sendo dois pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e dois em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Informática básica, cozinheiro, telemarketing, atendimento com qualidade, técnicas básicas em feltro, técnicas básicas de patch aplique, doces e salgados, artigos para festejos juninos e camareira, foram alguns dos cursos que abriram portas de emprego para os alunos.

O coordenador da UQP do Porto D'antas, Ricardo Luiz Menezes dos Santos, conta a mudança que houve este ano, com a atual administração. "Tivemos um ano positivo, mesmo com as dificuldades que enfrentamos, deixadas pela outra gestão. É muito gratificante ver o nosso trabalho dando resultados, principalmente em um bairro carente como esse. Hoje, os nossos cursos estão sendo muito procurados e conseguimos resgatar a autoestima da comunidade, focando na gestão de pessoas e proporcionando qualificação, oportunidades e transformações de vidas", garante.

Há cerca de seis meses, Ademir Melo procurou a Fundat pela primeira vez para se qualificar. Na época, ele estava desempregado e resolveu ocupar o tempo livre com algo que pudesse ter um benefício posterior. Com uma mãe cozinheira, a culinária já estava presente em sua vida desde pequeno e, por isso, ele optou por participar do curso de cozinheiro básico. Ademir sempre ajudou a mãe na cozinha, mas nunca imaginou que seguiria profissionalmente na área.

"Achei que o curso poderia ser uma boa opção e realmente foi. Antes mesmo de terminar, eu já estava participando de uma seleção de emprego, na prova pude colocar em prática tudo o que estava aprendendo e fui aprovado. O meu trabalho já está sendo reconhecido e agradeço muito a Fundat. Se não fosse essa certificação, eu não teria condições de conseguir um emprego assim. Quero continuar me qualificando na área e quando tiver o próximo módulo, já avisei que quero participar", ressalta.

Aos 19 anos, completando o ensino médio e já à procura de emprego, Ágata Reis percebeu que precisava de cursos complementares para conseguir se inserir no mercado de trabalho. "Procurei a UQP e fiz vários cursos. Logo comecei a ser chamada para várias seleções e hoje tenho o meu emprego. Eu precisava de qualificação e atuo com telemarketing e informática, que são cursos que fiz. Estou muito satisfeita, pretendo me aperfeiçoar com outros cursos que são oferecidos pela Fundat e espero que as pessoas também procurem aprender", destaca Ágata.

A trajetória de Tatiane Menezes já foi um pouco diferente. Ela é professora e, mesmo assim, buscou os cursos da Fundat para se qualificar. Além de melhorar o currículo, Tatiane queria uma renda extra nas horas vagas atuando na área de estética. "Já fiz curso de empreendedorismo, atendimento ao cliente, manicure, depiladora e massagista na Fundat. Depois disso, sempre atendo clientes em casa e espero melhorar a clientela agora com as festas do final do ano. É uma renda extra muito boa, que me ajuda bastante", explica Tatiane.

O curso mais recente feito por ela foi o de informática básica. A aluna garante que o conteúdo passado também tem sido fundamental para o desenvolvimento das suas atividades rotineiras na escola em que trabalha. "A didática de ensino foi muito boa e eu estava precisando me atualizar. Tinha feito um curso assim em 2004, mas a tecnologia avançou e muita coisa eu não sabia como usar. Agora eu sei até repassar o que aprendi, sei que consigo ser uma instrutora de informática básica", afirma.

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital