Dia do Pedagogo: Prefeitura exalta importância destes profissionais para a Educação em Aracaju

Educação
20/05/2024 16h30

O dia 20 de maio celebra os responsáveis pelos primeiros e essenciais passos na caminhada da educação: os pedagogos. A data reconhece a doação diária dos profissionais que têm o objetivo em comum de orientar e preparar as crianças para o entendimento do mundo que as cercam. Oficialmente instituído pela Lei nº 13.083/2015, o dia oferece às pastas educacionais de todo o Brasil a possibilidade de exaltar e parabenizar sua rede pedagógica de acordo com suas próprias realidades, dada a complexidade, magnitude e amplitude que o educar carrega.

Neste sentido, a Prefeitura de Aracaju, junto à Secretaria Municipal da Educação (Semed), homenageia e destaca a função da pedagogia e toda a rotina desafiadora, tendo em vista que cada criança é um universo e, alcançar o patamar de ensino-aprendizagem efetivo, abraçando toda a diversidade, é preciso ir além do exercício da função, sendo necessário também amar, confiar e acreditar na educação em que estão inseridos.

Definindo os pedagogos como anfitriões da infância, adolescência e, em muitos casos, até mesmo da vida adulta, o secretário municipal da Educação, Ricardo Abreu, homenageia os profissionais ao afirmar que eles são estratégicos para o desenvolvimento de qualquer cidade e nação.

“Na rede pública municipal de ensino de Aracaju, são mulheres e homens que lidam diariamente com mais de 33 mil estudantes e impactam a vida de mais de 150 mil pessoas na nossa capital. São profissionais que lidam com gestão de rede, com a gestão das nossas unidades escolares e que lidam com o nosso mais precioso bem que é a gestão de vidas de aracajuanos e aracajuanas que confiaram seu destino na escola pública do município. Em nome da Semed, eu desejo a todos os pedagogos e pedagogas da rede Municipal de Ensino que eles possam se desenvolver profissionalmente cada vez mais, porque o seu desenvolvimento é o desenvolvimento do nosso povo e da nossa cidade. Que nós possamos contar sempre com a atuação desse profissional”, declara o secretário.

Destacando que os pedagogos formam a maior parte dos licenciados na rede, a consultora para assuntos governamentais da Semed, Maria Antônia Arimateia, caracteriza a pedagogia como um elo fundamental na relação entre a escola e a família, que se desenvolve durante as atividades na educação infantil e nos anos iniciais do fundamental.

“O pedagogo é, por excelência, aquele que vai cuidar da prontidão e, também, da alfabetização dos alunos. O sucesso na vida escolar e na vida de cada um depende muito do papel e da função que o pedagogo exerce para os seus alunos. Eu acho que é importante lembrar que ele é um profissional que vai se dedicar ao cuidado fazendo o link com o ensino numa perspectiva mais cuidadosa. Por ser um professor generalista, ele precisa se motivar a se preparar cada vez mais, porque ele é responsável pelo ensino de todos e o gosto e o prazer que o aluno vai ter por cada uma delas depende, também, muito do papel que os pedagogos desempenham”, afirma.

Prezando pelo apoio e suporte aos profissionais da Educação, a Semed realiza, frequentemente, formações continuadas por meio do seu Centro de Aperfeiçoamento e Formação Continuada da Educação (Ceafe), que é gerido por Williams Santos. Os encontros são planejados para todos os servidores da comunidade escolar, mas, os professores acabam sendo o principal público.

“As capacitações são para todos os níveis, desde a educação infantil até os anos finais do ensino fundamental, passando pela Educação para Jovens e Adultos (EJA) e educação especial. Os resultados desse trabalho são bastante promissores e isso reflete no resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Tudo isso só é possível porque temos profissionais dedicados e comprometidos com a educação”, ressalta Williams.

Amor e vocação

Pedagoga há 22 anos, a paixão por ensinar é o que move a profissional Elizete de Souza, que se descreve como uma mediadora e facilitadora do conhecimento por meio do amor  e vocação pela profissão, que ela caracteriza como bonita.

“As crianças são as protagonistas do meu trabalho, porque são elas que trazem uma bagagem de conhecimento de casa e eu vou mediando e solidificando-o para a vida. O pedagogo é um dos profissionais primordiais para a vida escolar de uma criança e, essa base, que é a primeira infância, é o início do conhecimento e nós, pedagogos, somos fundamentais para as crianças darem esse pontapé inicial dos estudos”, reflete.

Ressaltando os investimentos da Prefeitura de Aracaju na Educação, Elizete declara que todo o suporte torna o trabalho ainda mais gratificante, porque se sente mais reconhecida e valorizada. “O reajuste salarial e o pacote tecnológico que a gestão tem colocado nas salas de aula são uma maravilha. Esses instrumentos vieram para complementar o meu trabalho com uma infraestrutura completa, que permite que os professores explorem todos os ambientes com seus alunos. São muitos pontos positivos”, avalia a pedagoga.

Já Eryka Dantas, com 14 anos de atuação, dá destaque às formações continuadas que, para ela, são essenciais para o bom desempenho profissional, além de incentivar o estudo diário para a promoção de uma educação de qualidade.

“Sempre temos formações voltadas para as crianças típicas e atípicas que temos recebido em nossas escolas. A Prefeitura vem dando um suporte maravilhoso de materiais e as formações são os que nos preparam para receber esse público. O que me motivou a estudar pedagogia foi minha vocação e, também, meu desejo em orientar meus filhos. Assim, eu uni o útil ao agradável e acabei me apaixonando por essa profissão que é de suma importância para o desenvolvimento das crianças e adolescentes”, relata.