Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Cultura

Guitarra e violão harmonizam e proporcionam show intimista de Saulo Ferreira no Quinta Instrumental

09/08/18 23h00

Os amantes da boa música compareceram na noite desta quinta-feira, 9, no Teatro João Costa, do Centro Cultural, localizado no Centro Histórico da capital. Todos reunidos para prestigiar a sonoridade da guitarra e do violão conduzida pelo músico e compositor, Saulo Ferreira. Ele foi o responsável por abrir a 4ª edição da segunda temporada do projeto ‘Quinta Instrumental’, idealizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju). 
 
Saulo protagonizou um dos momentos mais emocionantes do projeto ao iniciar o espetáculo tocando a música ‘Sweet Blues’, de sua autoria. “Foi muito especial, pois pude apresentar uma espécie de narrativa instrumental que misturou diversas músicas que me influenciaram”, comentou o instrumentista e professor Saulo Ferreira, que está no mercado musical sergipano há 15 anos.
 
Para a cantora Laiz Peradells, a apresentação de Saulo Ferreira se resume em uma palavra: emoção. “Sou cantora e a sintonia da sonoridade dos dois instrumentos, a guitarra e o violão acústicos, fez com que envolvesse todos em um só ritmo, nos trazendo uma tranquilidade musical. Ele emocionou a plateia que estava atenta a todas as notas. Estava impecável. Saulo e a Funcaju estão de parabéns, tanto pela apresentação, quanto pela criação do projeto”, exaltou. 
 
O artista da noite também parabenizou a iniciativa realizada pela Funcaju. “É um privilegio ter uma apresentação instrumental, semanalmente, em um teatro propagando a música instrumental para a população e de forma gratuita. Além, é claro, de ser uma oportunidade ímpar para nós músicos de mostrarmos a nossa arte e fomentar público para este gênero tão específico”, destacou Saulo. 
 
Para o músico Wendell Yagami, o formato intimista do artista deixou o show ainda mais atraente. “Conheço o trabalho de Saulo Ferreira e fiquei encantado com sua apresentação solo. A escolha do repertório foi perfeita ao inserir músicas de sua autoria com releituras já conhecidas do público. Foi a junção perfeita para envolver os apaixonados por música de qualidade”.
 
Projeto
 
Traduzido pelos próprios artistas como um divisor de águas, o projeto ‘Quinta Instrumental’, idealizado no ano de 2017, recebeu quase 20 artistas em sua última edição. Por lá, passaram harpa, guitarra, violão, sanfona, gaita, bateria, guitarra baiana, entre outros instrumentos, todos dominados por verdadeiros mestres da arte instrumentista.
 
Com a proposta de dar vida ao centro histórico da capital sergipana, o evento cumpre muito bem com a sua missão social. Mais de 1,5 mil pessoas passaram pelas apresentações oferecidas no primeiro ano de realização, onde puderam conhecer uma ramificação da música e, ainda, apreciar as atrações do Centro Cultural de Aracaju.

Serviço
 
O quê? Projeto Quinta Instrumental, realizado pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju)
Onde e quando? O evento acontece no Centro Cultural de Aracaju (antiga Alfândega), na quinta-feira, a partir das 20h.