Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Educação

Semed apresenta dados sobre a educação em audiência do MPEduc

05/11/18 16h35

Aracaju tem avançado de forma paulatina na efetivação das metas para a educação firmadas através do termo de compromisso assinado há dois anos junto ao Ministério Público Estadual de Sergipe (MPE/SE) e ao Ministério Público Federal (MPF/SE). Os convidados que acompanharam a apresentação da secretária-adjunta da Educação da capital, professora Maria Antônia de Arimateia, na manhã desta segunda-feira, 5, puderam constatar esse fato. A mostra dos dados ocorreu durante a 14ª audiência do Projeto ‘Ministério Público pela Educação’ - MPEduc. 

“Este projeto é muito necessário, especialmente em virtude da ‘radiografia’ que ele nos auxilia a ter das nossas redes”, observou a professora Maria Antônia no início da apresentação dos dados. Ela também relembrou a situação crítica encontrada pela atual gestão municipal ao assumir a Prefeitura em janeiro de 2017. “Não podemos deixar de relatar a importância que as escolas e os profissionais envolvidos em todas as ações tiveram na condução dessas, desenvolvendo as atividades e fazendo um trabalho de equipe comprometida com a qualidade da educação. Tudo isto só é importante porque acreditamos na implementação de uma proposta pedagógica de qualidade”, asseverou.

A secretária da Educação do município, professora Maria Cecília Tavares Leite, também acompanhou o debate e, ao final, assinou um novo termo de compromisso com ampliação em 120 dias do prazo para o cumprimento das metas. Ela lembrou que o fortalecimento da relação entre secretaria, escola e comunidade é fundamental. “Levamos esse compromisso sério e uma mostra disso é a aprovação da Lei da Gestão Democrática que, entre outros itens, tem consolidado a participação de todos os atores que integram a educação pública”, avaliou. Durante a audiência, a secretária falou brevemente sobre os investimentos na estrutura física. “Estamos trabalhando muito para recuperar nossas escolas”, garantiu.

Durante a audiência, o promotor Alexsandro Sampaio Santana parabenizou o empenho das secretarias municipais e da Secretaria Estadual da Educação (SEED). “Existe quem pode fazer mais e se acomoda, mas existem os casos, e aqui vemos isso claramente, de quem precisa se superar e se supera. E queremos sempre fortalecer isso”, parabenizou.

Para o procurador da República, Ramiro Rockenbanch, os educadores são ‘heróis e heroínas’. “A defesa da escola pública e da educação de qualidade são as nossas principais bandeiras”, declarou.

No encontro, os organizadores voltaram a falar sobre o aplicativo “Educação UP”, também batizado como "Duca", através do qual será possível ter uma base de dados consolidada. "Para que haja êxito nas informações cruciais para o trabalho", afirmou o professor doutor Methanias Colaço Rodrigues Júnior, do Departamento de Sistemas de Informação da Universidade Federal de Sergipe.
 
Pacto pela Educação

O pacto foi firmado no final de 2015 e início de 2016 por todos os municípios do Estado de Sergipe. Na ocasião, os gestores se comprometeram a adotar medidas efetivas para assegurar educação de qualidade aos alunos e alunas da rede pública, abordando os oito aspectos do Projeto MPEduc: o pedagógico, a estrutura física, a inclusão, a alimentação e o transporte escolar, programas do governo federal e funcionamento dos dois principais conselhos sociais que atuam na análise de prestação de contas de verbas direcionadas para a educação.