Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Guarda Municipal

Ação solidária beneficia crianças em abrigo na capital

11/12/18 19h14

Ação solidária promove a alegria de crianças, durante uma tarde de lazer, nesta terça-feira, 11. A atividade foi desenvolvida pela Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), por meio da Guarda Municipal de Aracaju (GMA) e integrantes do projeto social, que oferta aulas gratuitas de jiu-jitsu para a comunidade do conjunto Médici, no bairro Luzia. Houve, na ocasião, a distribuição de brinquedos e momentos de interação com as crianças acolhidas no Abrigo Sorriso. A iniciativa faz parte das comemorações de final de ano da equipe BPT/GMA Jiu-jitsu, que desta vez do local de treino para fazer a alegria das crianças.

Ao todo, os voluntários arrecadaram e doaram cerca de 100 brinquedos entre carrinhos, bonecas, bolas, quebra-cabeças entre outros. Além disso, um tatame foi montado no pátio do prédio para a realização de atividades recreativas.

"A Guarda Municipal tem se transformado, no decorrer do tempo, em uma instituição cidadã. Inclusive, esse é um objetivo que integra o Planejamento Estratégico da Prefeitura de Aracaju, através do Projeto Aracaju Segura. Busca-se desenvolver programas e projetos intersetoriais nas áreas da educação, segurança, cultura, assistência social, promoção da saúde e afirmação de direitos no sentido de potencializar a prevenção à violência e promover uma cultura de paz", destaca o diretor geral da Guarda Municipal de Aracaju, subinspetor Fernando Mendonça.

"A ideia surgiu e amadureceu em nossos encontros. Nos reunimos e decidimos que faríamos algo que extrapolasse o nosso círculo de convívio social. Começamos a arrecadar os brinquedos tendo a certeza de que promoveríamos um final de ano um pouco melhor para as crianças do Abrigo Sorriso. E como foi bom poder passar uma tarde com eles, ver os sorrisos, receber os abraços e perceber que fazer o bem faz bem", afirma o guarda municipal e idealizador do projeto, Anderson Clay da Hora.

Abrigo Sorriso

O Abrigo Sorriso, que atualmente acolhe cerca de 20 crianças sob medidas protetivas, é vinculado à Secretaria Municipal da Assistência Social (Semfas). O acolhimento se dá quando as crianças têm seus direitos violados ou ameaçados por situações que ocasionem riscos à sua integridade física, psicológica ou sexual.