Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Defesa Social e Cidadania

Réveillon 2019: equipamentos para a segurança são instalados e vistoria de palco é realizada

31/12/18 14h30

Nesta segunda-feira, 31, o dia começou com muito trabalho na Orla da Atalaia. O espaço onde ocorrerá a programação de Réveillon vem recebendo atenção especial desde as primeiras horas da manhã. Entre as ações executadas esteve a vistoria das estruturas de palcos e camarotes, além da área que acomodará os fogos de artifício. Também foram instalados os equipamentos que compõe o esquema de segurança para o evento. As ações desenvolvidas pela Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), reforçam os cuidados para que o público possa aproveitar a virada do ano com tranquilidade. 

De acordo com o secretário municipal da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida, houve ampliação das estratégias de segurança. “Neste ano, 160 guardas municipais estarão atuando no evento. Além do patrulhamento na faixa de areia, inclusive com a utilização de quadriciclos na área mais próxima ao mar, reforçaremos a segurança nos terminais. O esquema conta, também, com a utilização do motopatrulhamento, que proporcionará agilidade para o deslocamento dos guardiões, caso haja a necessidade ”, destacou.

O secretário acrescenta que a base comunitária de videomonitoramento, instalada em um ônibus, é uma novidade que gera maior alcance e precisão para o trabalho preventivo e de rápida resposta, no local. “Por meio do videomonitormento será possível ter visualização com alcance de 360 graus, a partir da câmera instalada a uma altura de 15m”, indicou Luís Fernando.

Vistoria

Nesta manhã, foi realizada a última vistoria das estruturas montadas para o Réveillon 2019 na Orla da Atalaia. Palcos e camarotes receberam a atenção da Semdec, por meio da Defesa Civil de Aracaju. “Constatamos a boa qualidade dos materiais e o cumprimento do projeto apresentado. Verificamos as dimensões de toda a estrutura e a ausência de ferrugem ou deformações, estando assim avaliada pisitivamente a segurança estrutural”, informou o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, major Sílvio Prado.