Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Serviços Urbanos

Equipes da Emsurb coletam resíduos de pequenos geradores

07/01/19 17h37

Diariamente, os agentes de limpeza da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), por meio da Diretoria de Operações (Dirop), percorrem os bairros da capital com os caminhões compactadores para realizar o recolhimento de resíduos sólidos, a exemplo do coco produzido por comerciantes que geram até 200 quilos diários ou 400 quilos em dias alternados. A ação faz parte das medidas adotadas pela Emsurb que, após estudos realizados, identificou que o grande volume produzido pelos estabelecimentos maiores excede o peso fixado para a coleta regular e ocasiona transtornos na rota dos caminhões compactadores. Também para que se faça cumprir a lei do Código de Limpeza Urbana e Atividades Correlatas.

Na capital, segundo o presidente da Emsurb, Luiz Roberto Dantas, foram identificados 87 pontos de venda de coco, sendo 30 de grandes geradores. “Já notificamos os proprietários sobre o que determina a Lei Municipal N° 1.721/1991, e informamos sobre o não recolhimento do resíduo e a possibilidade da contratação de empresas que realizam esse serviço”, enfatizou.

Por se tratar de um pequeno gerador comercial e produzir resíduos dentro do limite de peso estabelecido pelo que determina a legislação, o comércio de água de coco onde seu Adauto dos Reis trabalha, de segunda a sábado, na avenida Gentil Tavares, no bairro Santo Antônio, é um dos beneficiados por esta ação de coleta. “A produção desse tipo de lixo aqui é pequena, por isso, recebemos regularmente a visita do caminhão coletor e isso é bom, não só pra gente, mas também para outros pequenos comerciantes que muitas vezes não podem arcar com as despesas para essa coleta”, comentou.

Para Verônica dos Santos, que trabalha em um dos quiosques de coco localizado no Calçadão da 13 de Julho, os comerciantes devem se planejar para evitar que a cidade fique suja com esse tipo de resíduo descartado irregularmente. “A gente tem que trabalhar dentro da lei para não deixar nossa cidade suja com esse tipo de lixo nas esquinas ou em terrenos baldios”, afirmou ela.