Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Saúde

Saúde capacita profissionais para utilizar sistema de controle de vacinas

11/02/19 18h24

Nesta segunda-feira, 11, a Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), iniciou o treinamento dos profissionais que trabalham diretamente com imunização nas maternidades Nossa Senhora de Lourdes e Santa Izabel. A capacitação vai até a próxima quarta-feira, 13, na sede do Ministério da Saúde em Sergipe.

A proposta do treinamento, que está sendo ministrado pelo Programa de Imunização da SMS, é passar aos profissionais as informações necessárias para operar o sistema do Programa Nacional de Imunização das maternidades.

De acordo com a área técnica do Programa de Imunização da SMS, Gabriella Souza Duarte, os dados eram cadastrados antigamente em impressos e depois eram encaminhados para a secretaria, para serem aferidos no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização WEB (API WEB), que registrava apenas quantas doses haviam sido aplicadas.

“Em virtude do fechamento deste sistema e da necessidade de inserir os dados no novo programa SI-PNI WEB, a SMS desenvolveu um treinamento para as equipes responsáveis. O SI-PNI WEB é um software que registra os dados pessoais e os imunobiológicos recebidos de cada pessoa vacinada, em cada sala de vacina do país. Para isso, são utilizados sistemas informatizados que facilitam o acompanhamento por todos os gestores", enfatizou a área técnica.

Ainda segundo Gabriella, esse sistema qualifica os dados, melhorando os serviços oferecidos para a população. “Agora temos um sistema moderno, informatizando cada vez mais nossos processos de trabalho, possibilitando o acesso da situação vacinal do indivíduo em qualquer lugar que tenha o SI-PNI WEB”, ressaltou.

Aprendizado

Para a auxiliar de enfermagem, Cláudia Maria dos Santos, a capacitação do sistema facilitou o trabalho da equipe. “Além de reduzir o gasto com papéis, agora fica muito mais fácil ter acesso às informações sobre quais vacinas foram aplicadas em determinado paciente, mesmo que este tenha perdido o cartão de vacinação”, disse.

Já para Josevânia Machado, que também é auxiliar de enfermagem e participou do treinamento, esta capacitação vem acrescentar ainda mais conhecimento. "Realmente tínhamos muitas dúvidas e este encontro nos deu a oportunidade de fazer vários questionamentos, que foram esclarecidos. É bom que sempre tenham encontros como este para ficarmos afinados. Assim podemos ofertar um atendimento de qualidade à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS) de Aracaju", reconheceu.