Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Indústria, Comércio e Turismo

Marinete do Forró leva turistas ao Ocupe a Praça especial de carnaval

28/02/19 08h03

Turistas que começam a chegar em Aracaju para o período carnavalesco tiveram uma bela surpresa na noite desta quarta-feira, 27: a Marinete do Forró, com trio pé-de-serra e casal de dançarinos para agitar um passeio no Centro Histórico da cidade com muito xote, xaxado e baião. O que eles ainda não sabiam, é que iriam para um grito de carnaval bem diferente.

O veículo, uma parceria entre a Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Indústria Comércio e Turismo (Semict), e a Viação Progresso, normalmente sai às sextas-feiras com turistas para um tour pela cidade, mas, nesta edição especial de carnaval, somando-se à Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), levou turistas para o Centro Cultural de Aracaju, na praça General Valadão, para participarem do Ocupe a Praça - Vou Ocupar Seu Coração, um grito de carnaval inovador, misturando marchinhas carnavalescas ao autêntico forró e também música eletrônica, um pout pourri de sons fazendo a alegria de quem estava na praça. 

Na saída da Marinete, em um dos hotéis da Orla da Atalaia, um animado casal de pernambucanos elogiou a organização da cidade e ficou encantado com as surpresas neste acolhimento típico do aracajuano. “Nossa, fiquei encantada com a cidade, com o povo e com as belezas que vocês têm. Esse ônibus, a Marinete, é incrível! Tão bonito, decorado e animado, em pleno carnaval com música autêntica do nosso forró, pessoas felizes, nossa, é muito bom viver isso”, elogiou Rebeca de Vasconcelos Barbosa, que é Defensora Pública Federal no estado de Pernambuco. 

Já seu esposo, o engenheiro mecânico Danilo Correia de Melo, defendeu a cultura nordestina como expressão de identidade e se mostrou curioso com a programação cultural que iria vivenciar no Centro Histórico. “Carnaval com forró, marchinhas e música eletrônica? Acho bonito a mistura de ritmos, mas essa aí eu quero ver”, desconfiou, ingressando na Marinete com sua esposa, Rebeca, sendo recepcionados pelo guia de turismo Gilberto, com vistoso chapéu de couro na cabeça.

Quando a Marinete do Forró chegou no Centro Cultural, o casal pernambucano se sentiu à vontade para mostrar que o forró nordestino “está no pé e na alma nordestina”, dialogando com qualquer ritmo. E começaram a dançar no marco zero da cidade.

O professor de Turismo da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Joab Almeida, que também é membro do Conselho Municipal do Turismo (Comtur), foi verificar a iniciativa e considerou importante os dois órgãos da gestão municipal “articulando ações com base no turismo de experiência”. “Esse tipo de experiência é capaz de melhorar a vivência do turista em Aracaju e em Sergipe. É louvável que a Funcaju e a Semict tenham pensado em uma parceria no sentido de unir aquilo que é manifestação cultural em Aracaju com aquilo que pode ser uma oferta turística, isso é um diferencial competitivo que nos diferencia dos nossos destinos concorrentes”, avaliou. 

Ricardo Mascarello ressaltou a importância do desafio de experimentar a Marinete do Forró em um circuito cultural noturno no Centro Histórico e que a meta é continuar “em uma perspectiva de buscar iniciativas e diálogos para possibilitar novas experiências de qualificação do destino" a partir da identidade cultural sergipana. “Esta primeira vivencia nos direciona para futuras ações dentro da diversidade cultural da nossa terra e iniciativas com vistas a potencializar uma dimensão turística mais abrangente e com mais atratividade para quem visita Aracaju”, concluiu o secretário.