Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Defesa Social e Cidadania

Prefeitura de Aracaju mantém atenção aos moradores do 17 de Março

22/03/19 16h15

A Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), atua de maneira estratégica nas ações de suporte às famílias afetadas pela forte ventania que atingiu a capital sergipana, na quinta-feira, 21. Através da Defesa Civil de Aracaju, foram vistoriados 30 prédios no bairro 17 de Março, além do atendimento às demais ocorrências registradas através do número emergencial 199.

De acordo com o secretário municipal da Defesa Social, Luís Fernando Almeida, todo o trabalho da Semdec foi integrado com as demais secretarias do município, dentro do que preconiza o Plano de Contingência. "Através da Defesa Civil, realizamos o isolamento dos prédios que sofreram com a ventania. Entre os transtornos provocados pelo fenômeno, ocorreu o destelhamento de alguns prédios e residências. No 17 de Março, todos os apartamentos que foram atingidos foram vistoriados. A partir das observações técnicas, estabelecemos as prioridades para atuação da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), para recuperação desses apartamentos", reforçou Luís Fernando.

No bairro, a Defesa Civil realizou vistorias em 30 prédios e oito edificações, entre elas, casas que tiveram sua estrutura de telhado danificada, assim como prédios municipais. Três casas foram interditadas, assim como a área externa de alguns prédios, por risco de queda de telhas. "Se contarmos as unidades vistoriadas o número chega a 100. Em alguns apartamentos do quarto pavimento, constatamos a queda do forro PVC, provocado tanto pela queda das telhas quanto pelo acúmulo da água. Além de prestar orientações aos moradores, foram disponibilizados abrigos, no entanto, eles optaram por não aceitar. Decidiram permanecer no próprio apartamento ou na casa de parentes. Vale ressaltar que não há riso de desabamento do telhado como um todo, houve apenas a queda do forro", explicou o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, major Sílvio Prado.

Número emergencial 199

Além das ações desenvolvidas nos condomínios do bairro 17 de Março, a Defesa Social atuou nas demais regiões afetadas pelo forte vento e chuva. "Atendemos ocorrências em diversos bairros da cidade. Além disso, a Semdec articulou a atuação da Guarda Municipal (GMA), para promover a segurança nos prédios municipais, como escolas e creches, durante o dia de ontem e manhã de desta sexta-feira, 22", indicou o secretário Luís Fernando Almeida.

A auxiliar de confeiteiro Telma Santos estava na sua casa, com a irmã, sobrinha e os dois filhos, no momento da ventania. O local que deveria ser o mais seguro, na verdade, não poupou a família do susto. A casa sofreu destelhamento na sala e em parte dos quartos. A Prefeitura de Aracaju, por meio da Defesa Civil, foi acionada e prontamente prestou a atenção necessária para auxiliar os moradores na resolução do problema. Telma comemora a agilidade no atendimento. "A experiência foi horrível, mas a assistência que recebi ocorreu de forma muito rápida. Meus vizinhos acionaram a Defesa Civil através do número 199 e logo eles chegaram para ajudar. O atendimento foi ótimo", destacou a moradora.

A Defesa Civil interditou o espaço. As equipes da Assistência Social e da Emurb também foram acionadas para adotar, respectivamente, as medidas necessárias de amparo à família, que terá sua casa desinterditada após os reparos recomendados pela Defesa Civil.