Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Planejamento e Orçamento

A educação ambiental como meio de transformação é tema de curso na Esgap

09/05/19 18h13

"As crianças precisam ter uma base de como é importante preservar o meio ambiente e saber que recursos naturais, como a água, por exemplo, são finitos. Na realidade, todos nós devemos ter a consciência de que, sem o devido cuidado, no futuro, a poluição pode acabar com a pureza dos recursos fundamentais para a nossa sobrevivência". Esse foi o aprendizado da servidora municipal Helayne Souza Gomes, após ter participado do curso 'A Educação Ambiental como Ferramenta de Transformação para a Sustentabilidade', realizado nesta quinta-feira, 9, na Escola de Governo e Administração Pública (Esgap).

Além de Helayne, outros servidores de diversos órgãos da administração municipal participaram da capacitação que foi ministrada pelos analistas ambientais da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), Cleverton Silva e Raphaela Andrade. "O que a gente realizou aqui, hoje, foi um debate bastante produtivo sobre a configuração da cidade, da dimensão que Aracaju tomou sobre um ambiente natural, que é algo que acontece normalmente nas transformações urbanas. A gente também debateu a ideia do desenvolvimento sustentável, onde, enquanto cidadãos, reconheçamos as nossas origens e raízes", disse Raphaela.

Ainda de acordo com a analista ambiental, é preciso que as pessoas conheçam como se dá a formação dos espaços urbanos, e que conheçam, também, a necessidade de se cumprir os preceitos legais, que existem peculiaridades em cada um desses espaços, além das limitações de construção. "É a partir do conhecimento do lugar onde a gente está inserido, e das nossas características, que conseguimos explorar nossa identidade e, por conseguinte,  a questão da apropriação e do pertencimento", disse.

Por sua vez, Cleverton Silva explicou que a educação ambiental está relacionada à formação de valores e ao livre debate de ideias. "Quando a gente fala na questão ambiental, em Aracaju, é necessário levar em consideração a relação do meio ambiente com o desenvolvimento urbano, entre outros fatores. Então, o município tem autonomia para pensar os seus modelos de desenvolvimento. E foi essa a proposta que trouxemos hoje, da necessidade de uma somação de forças entre a sociedade civil e demais instituições envolvidas nessa temática, para que a gente promova mais discussões em busca de soluções e melhorias, de forma participativa e democrática", disse.

Patrimônio Ambiental

Quem também participou do curso foi o assessor de Comunicação da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), Hugo Sidney, que é autor do livro Patrimônio Ambiental Sergipano. Além de contribuir com um exemplar, que foi sorteado entre os alunos, o jornalista também falou um pouco da sua experiência de vida ligada à natureza. "Diversas fases da minha vida foram em contato com a natureza e isso gerou efeitos fundamentais na formação da minha personalidade e nos meus objetivos enquanto cidadão".

Sobre a publicação, Hugo disse que traz um pouco do processo evolutivo que houve no Estado de Sergipe, a partir de 2008, quando foram criadas as primeiras unidades ambientais estaduais. "O livro é composto de 290 imagens de 391 espécimes, e um pouco do descritivo de cada um deles. Não se trata de uma publicação científica, mas ela tem validade científica na medida em que se identifica o nome científico, um resumo da vida ou do comportamento do animal ou da planta, e o livro apresenta isso através da plástica da fotografia", explicou.

O assessor também lembrou do trabalho que vem sendo feito na administração municipal, num dos seus eixos do Planejamento Estratégico, que trata da sustentabilidade incorporada às rotinas operacionais. “Estamos desenvolvendo, por exemplo, na Seplog, um projeto que visa reduzir drasticamente o uso de papel nas rotinas operacionais, além de um programa de Gestão Documental que prevê a digitalização de todo o acervo relativo ao prontuário dos servidores, reduzindo os gastos com espaços para armazenamento deste material, dentre outras iniciativas”, informou.