Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Agência Aracaju de Notícias

Moradores das Mangabeiras veem no futuro condições dignas de moradia

14/05/19 08h39

A notícia da casa própria trouxe felicidade para os moradores da Ocupação das Mangabeiras, localizada no bairro 17 de Março. No mês passado, foi sancionada a lei que autoriza a contratação da operação de crédito junto à Caixa Econômica Federal destinada à construção de imóveis para 1.102 famílias de baixa renda.  A permissão foi aprovada pela Câmara Municipal de Aracaju depois do olhar diferenciado do prefeito Edvaldo Nogueira. A possibilidade de ter uma moradia digna reascendeu a esperança de quem vive na maior ocupação da cidade.

A construção das casas será feita através do programa Pró-Moradia. Seu Cícero Valentim tem 66 anos de idade e está na Ocupação das Mangabeiras há cinco. Quando recebeu a notícia, quase não acreditou. “Eu fiquei achando que era brincadeira, pois a nossa vida aqui parece bem longe de tudo. Será uma benção. Eu estou feliz e confiante com a construção dessas casas. A gente já fez o cadastro e tudo. Agora, é só aguardar chegar esse dia”, ressaltou.

Dona Ana Cristina de Jesus Silva vive em um dos barracos com o esposo e os dois filhos, um de 15 anos e outro de 10. De acordo com ela, morar em um local digno é o sonho de muita gente. “A vida aqui é complicada. Quando chove é muita lama, barata, rato. Só em pensar que vamos ganhar uma casa, a gente nem dorme direito. Só sabe da dificuldade quem passa. Morar debaixo de um teto com telhado, em vez de lona é o sonho do pobre”, contou.

Rosivânia dos Santos Feitoza conhece essa realidade de perto. Ela é coordenadora da quadra B da ocupação. Atualmente, mora no bairro 17 de Março, mas já passou pela mesma situação quando vivia na Ocupação da Água Fina. “Eu ganhei meu cantinho na outra gestão de Edvaldo Nogueira e agora vou presenciar esse momento. Eu estou muito alegre por eles, pois necessitam dessa moradia. Todos lutaram e resistiram durante esses cinco anos”, destacou.  

Cadastro

No mês passado, a Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria da Assistência Social, realizou o cadastramento de 813 famílias que residem no local. A ação teve como objetivo reconhecer o território e identificar as vulnerabilidades encontradas na área. Um dos coordenadores das Mangabeiras, Jackson Miller Batista dos Santos, fez questão de destacar a luta da comunidade durante esses anos. “A gente se sente aliviado, por saber que foi através da nossa luta a conquista da casa da própria. O prefeito Edvaldo Nogueira foi corajoso e foi atrás de recursos para ajudar a nossa comunidade. O povo está feliz e com esperança”, destacou.

Os recursos para a construção das casa são oriundos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O financiamento é de R$ 116.767.847,00, com contrapartida do município de R$ 7.934.400,00. Com esta operação de crédito, a gestão do prefeito Edvaldo Nogueira implementará políticas públicas voltadas para a construção das habitações, além de realizar ações de melhoria da infraestrutura urbana, da mobilidade e do saneamento básico, assim como a regularização da ocupação. Tudo isso garantirá aos moradores condições dignas de moradia e mais qualidade de vida.