Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Agência Aracaju de Notícias

Ações planejadas garantem o sucesso das duas primeiras noites do Forró Caju 2019

25/06/19 18h52

Realizado pela Prefeitura de Aracaju, com patrocínio do Ministério do Turismo, o Forró Caju 2019 proporcionou a sergipanos e turistas, no primeiro final de semana da festa, nos dias 23 e 24, uma programação recheada de nomes de peso da música local e nacional. No palco Luiz Gonzaga e no Arraial da Clemilda, as duas plataformas de apresentações artísticas e culturais do evento, o público pode conferir, com tranqüilidade e segurança, dezenas de apresentações.

No domingo, 23, o cantor Danielzinho O Kaceteiro foi o responsável por iniciar a programação no palco principal – Luiz Gonzaga -, levando ao público o forró de vaquejada. Em seguida, João da Passarada animou a galera e comemorou junto com o público seu aniversário de 50 anos. A terceira atração da noite foi a banda Cintura Fina, com seu característico forró elétrico e letras românticas, e o encerramento da primeira noite de festa ficou por conta da pernambucana Gil Mendes, que não deixou ninguém parado.

Na noite de São João, nesta segunda-feira, 24, o Forró Caju recebeu, no Palco Luiz Gonzaga, os shows da  irreverente Amorosa e do itabaianense Mestrinho, além do forró eletrônico da banda Cavaleiros do Forró, do Rio Grande do Norte, e da apresentação da cantora maranhense Samyra Show.

Já no Arraial da Clemilda, que contempla o regionalismo tradicional da cultura sergipana e é um importante atrativo para os turistas que vêm à cidade com a intenção de conhecer a cultura local, as apresentações começaram com a ‘Quadrilha Pioneiros da Roça’, o ‘Grupo Samba de Coco da Barra’ e, por último, fazendo um resgate das músicas de grandes forrozeiros do Brasil como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro e Dominguinhos, o ‘Trio Ave Raras’.

O palco, genuinamente sergipano, recebeu no segundo dia de evento a ‘Quadrilha Xodó da Vila’, o ‘Grupo Carimbó da Barra’ e a banda ‘Nanã Trio’. A integrante do grupo Carimbó da Barra, Iolanda de Oliveira ressaltou a importância do incentivo e a valorização do artista local pela Prefeitura de Aracaju. "É muito importante estar aqui, não só pela festa, mas pelo apoio que recebemos. É maravilhoso e gratificante ter reconhecimento pelo que fazemos e ver as pessoas se envolvendo e dançando com a gente”, disse.

Nos próximos dias de festejo, nos dias 28 e 29, se apresentarão no Palco Luiz Gonzaga Solange Almeida, Márcia Felipe, Trio Nordestino, Erivaldo de Carira, Jonas Esticado, Luan Estilizado e Avine Vinny. Já no Arraial da Clemilda, a reafirmação das tradições será feita pela apresentação dos grupos Samba de Coco do Mosqueiro, Quadrilha Unidos em Asa Branca, Robertinho dos 8 baixos, Grupo as Caceteiras, Quadrilha Século XX e Lucas Campelo.

Realização

Para garantir o sucesso da festa, a Prefeitura de Aracaju cuidou com atenção de cada detalhe. A fiscalização e o acompanhamento da montagem das estruturas da festa, por exemplo, foi realizada pela Defesa Civil de Aracaju desde a chegada dos primeiros competentes. Ações integradas entre os órgãos de segurança, tecnologia empregada por meio do sistema de videomonitoramento e medidas emergenciais de reforço à segurança fazem parte do esquema de proteção planejado e executado nas quatro noites da festa.

Para a área interna, 210 profissionais atuam na segurança do maior festejo junino da capital, 70 guardas municipais, 70 seguranças contratados e 70 profissionais na equipe de apoio. Para a segurança estrutural do evento, além dos agentes de Defesa Civil, que monitoram o palco e demais edificações montadas no evento, há também a atuação de 40 bombeiros civis.

A Guarda Municipal de Aracaju ficou responsável pelo patrulhamento interno e atuação nos postos elevados. Já a equipe de segurança particular opera uma rigorosa revista na entrada e saída do evento, além da atuação em pontos estratégicos, enquanto a equipe de apoio atua nos acessos, proximidades de banheiros, postos de atendimento ao público, dentre outras áreas da festa.

Comércio e Saúde

Por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a gestão atua preventivamente na fiscalização dos estabelecimentos e dos ambulantes que comercializam na área interna do evento, assegurando ao público local e aos turistas o cumprimento das normas legais de vigilância sanitária por parte dos comerciantes. Nos primeiros dias de festa, a Coordenação da Vigilância Sanitária (Covisa) da SMS atuou em toda extensão do evento, fiscalizando ambulantes e vendedores acerca da forma correta de acondicionar os alimentos e questões relacionadas à higiene, tudo a fim de garantir a saúde aos participantes da festa.

Ainda na garantia de saúde para aqueles que estão festejando, foi montado na Praça de Eventos o Posto Médico Avançado, que realizou 40 atendimentos nas duas primeiras noites do maior festejo junino da capital. Foram 37 atendimentos clínicos, três casos cirúrgicos e apenas uma transferência. O Posto do Forró Caju conta com sete leitos de observação, sendo um de estabilização e de cadeiras para observação, todos destinados à baixa e média complexidade.

É para cuidar da saúde dos forrozeiros que a equipe do posto médico está sempre alerta a cada noite de festa. Antes mesmo de prestar socorro, o trabalho de médicos, enfermeiros e técnicos é orientar. O coordenador da Rede de Urgência e Emergência (Reue) da SMS, Júlio Cesar Marcellino Lima, explicou o funcionamento do posto e destacou a importância desse tipo de atendimento. “O Posto tem uma escala diária montada com dois médicos, dois enfermeiros e seis técnicos. Realizamos atendimentos clínicos, fizemos suturas e estabilizações. A presença da Saúde é muito importante em eventos de grande público, os aracajuanos aproveitam com mais tranquilidade e mais protegidos", disse.

Acessibilidade

Espaço de garantia de direitos e de inclusão social, o Camarote da Acessibilidade recebeu crianças e adultos apaixonados pelo São João que não quiseram perder a oportunidade de prestigiar o evento. Com capacidade para receber até 80, o acesso ao local é garantido tanto para os cidadãos que fizeram a inscrição no Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Aracaju, quanto para os turistas e sergipanos que chegam para curtir o evento. Além do espaço na festa, a Secretaria da Assistência Social disponibilizou um transporte para viabilizar o processo de locomoção de cerca de 20 inscritos.

Limpeza

O trabalho da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), nesta área operacional, se deu por meio de varrição, lavagem da área e dos banheiros químicos e a coleta de lixo, inclusive nas áreas onde estão alocados os 179 pontos de vendas disponíveis. Para auxiliar no recolhimento do lixo, durante os dias de festa, duas caixas estacionárias de 5 m³ e uma com capacidade de 30 m³ estão sendo mantidas no local. Também foram disponibilizados dois Pontos de Entrega Voluntária (PEV's). Da Coordenação de Irrigação vieram seis caminhões-pipa para dar celeridade ao serviço de lavagem da área e higienização dos banheiros.

Cerca de 110 agentes foram escalados para o trabalho que resultou no recolhimento de 1,45 toneladas de lixo. Assim como na parte interna, os agentes também estão atuando no entorno da praça de eventos, incluindo o espaço de comercialização dos ambulantes externos. A cada noite de festa, a praça de eventos Hilton Lopes recebe o público com a limpeza de seus espaços em ordem. Antes e depois da festa, os profissionais das equipes de limpeza têm o cuidado de deixar o espaço limpo para receber sergipanos e turistas.

O Forró Caju 2019 segue animando a capital nos dias 28 e 29, véspera e o dia de São Pedro, respectivamente.