Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Educação

Prefeitura de Aracaju realiza webconferência para capacitação de professores das escolas municipais

11/07/19 17h29

Cumprindo os princípios de cidade inteligente, a Prefeitura de Aracaju busca meios para se aproximar ainda mais dos cidadãos. Assim, utilizando a tecnologia para o diálogo com os profissionais da Educação, a gestão municipal iniciou, nesta quinta-feira, 11, o Ciclo de Webconferências Formativas. O evento objetiva dialogar com os professores a respeito da Lei 5.195/2019, sancionada pelo prefeito Edvaldo Nogueira, que implementa o ensino da Lei Maria da Penha nas escolas municipais. 

Durante quase uma hora, a secretária municipal da Educação, Maria Cecília Leite, conversou ao vivo com professores, coordenadores pedagógicos e diretores, através da plataforma de vídeos YouTube. Este foi o primeiro dos seis encontros – online e presenciais – que oferecerão formação aos profissionais da rede municipal de Ensino da capital. No primeiro momento da conversa, a secretária apresentou o cronograma do Ciclo de Webconferências Formativas e, no segundo momento, explicou sobre a metodologia, carga horária, plano de ação e certificação.

“Estamos dando continuidade à implementação da Lei 5.195, iniciando a formação para os nossos professores. Acreditamos que, se formarmos essa geração de crianças com base nos princípios da igualdade de gênero, a violência contra a mulher será minorada. Essa discussão não pode ser abordada apenas no mês de março, que é o mês da mulher, ela deve ser incorporada no dia a dia das nossas escolas, que poderão criar seus planos de ação conforme a realidade local. Embora nós, mulheres, tenhamos conseguido conquistar muitos direitos, historicamente negados, essa discussão ainda não acabou”, enfatiza a secretária Maria Cecília Leite.

No decorrer da formação, serão abordados temas como gênero, violência de gênero e orientações para elaboração dos planos de ação de cada unidade de ensino. Além da secretária Maria Cecília, participaram da primeira webconferência a diretora do Centro de Aperfeiçoamento e Formação Continuada de Educação (Ceafe), Gabriela Cruz, e a coordenadora de Políticas Educacionais para a Diversidade, Maíra Ielena Nascimento. 

Recepção

Os professores da rede aprovaram a iniciativa da Prefeitura de Aracaju, tanto da implementação da Lei, quanto da formação continuada. O coordenador pedagógico da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Otília de Araújo Macedo, professor Alessandro Félix, acompanhou a primeira webconfência e ressaltou a importância da formação.

“Essa webconferência, para nós professores, vem para estreitar nossos laços com a Semed e com a secretária Cecília. Por muito tempo, as escolas ficavam um pouco distantes da figura da secretária e hoje isso mudou. Este novo formato nos aproxima e hoje em dia todo mundo tem seu celular e consegue acompanhar, debater, entender as propostas e dialogar juntos. É muito mais rápido e, as vezes, até mais eficaz que uma reunião presencial. Eu acredito que esta iniciativa vai fortalecer ainda mais o ótimo trabalho que já está sendo feito pela Semed”, afirma o professor Alessandro.

A Lei

Sancionada pelo prefeito Edvaldo Nogueira em 16 de maio de 2019, a Lei Municipal Nº 5.195  insere no currículo das escolas públicas municipais de Aracaju o ensino de noções básicas sobre a Lei Maria da Penha. Ao pôr em prática esta medida, a atual gestão municipal visa, sobretudo, contribuir para a formação, desde as primeiras fases da infância, de cidadãos críticos e conscientes da igualdade de gênero. A Lei foi uma propositura do vereador Seu Marcos, em parceria com o Ministério Público de Sergipe (MP/SE) e está sendo implementada pela Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Educação (Semed).