Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Serviços Urbanos

Empenho da Prefeitura garante regularidade na coleta de lixo da capital

12/07/19 19h52


A capital sergipana recebeu nos últimos três dias um volume de chuvas acima do esperado, cerca de 230 mm. A Prefeitura de Aracaju que tem um trabalho preventivo para o enfrentamento de situações como essa, agiu de imediato para minimizar os transtornos. Paralelamente, o prefeito Edvaldo Nogueira determinou a manutenção do cronograma de outros serviços, sem  que houvesse qualquer prejuízo para a população.

Na Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), os primeiros alinhamentos foram direcionados ao processo que envolve a coleta de lixo. Como principais desafios, continuar ofertando o serviço dentro dos horários já conhecidos pela população, independente de como poderiam estar os acessos, assim como destinar, diariamente, cerca de 980 toneladas de resíduos até o Centro de Gerenciamento da Empresa Estre, no município de Rosário do Catete, por meio de 31 caminhões coletores, 28 nas ruas e três na reserva.
 
“Estamos fazendo visitas in loco, tanto na estação de transbordo, em Nossa Senhora do Socorro, como no aterro sanitário, em Rosário do Catete. Ao longo dessa semana, intensificamos nosso monitoramento de modo que a operacionalização do serviço acontecesse sem maiores dificuldades e sem interferir no cumprimento do cronograma dos bairros”, explicou o diretor de Operações, Bruno Moraes.
 
Para evitar a formação de filas e também dificuldades no acesso dos caminhões ao aterro sanitário, fato que implicaria no atraso da coleta do lixo na capital, algumas medidas foram adotadas. “Realizamos a reposição de material rochoso nos pontos de acesso dos veículos e reforçamos os serviços de manutenção da frota para evitar problemas mecânicos durante a operação. Além disso, procuramos estar sempre alinhados com o planejamento da Prefeitura de Aracaju para que população não venha a ser afetada”, enfatizou o gerente Operacional da empresa, Alisson Menezes.

O gerente explicou ainda que, ao chegarem na unidade, as carretas têm prioridade na etapa de descarregamento, devido ao grande volume de material proveniente do transbordo. Segundo Alisson, existe um controle de tempo de ciclo, que é o prazo do carregamento no transbordo até o esvaziamento das carretas no aterro. Há ainda o acompanhamento para novo carregamento, o tempo médio é de 2h40 minutos. "É todo um trabalho feito em cadeia para otimizar o recebimento do lixo de Aracaju, que hoje representa cerca de 55% do total de resíduos aqui destinados”, acrescentou.
 
O serviço de coleta realizado por intermédio da Emsurb, atende toda a cidade em dias e horários marcados. A oferta desse serviço ocorre de forma regular e ocorre às segundas quartas e sextas feiras, na zona Norte e zona de Expansão, terças, quintas e sábados na zona Sul. Diariamente, a coleta ocorre em áreas centrais da cidade e na Orla da Praia de Atalaia.