Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Saúde

Conselho Municipal de Saúde discute segurança nas unidades básicas de saúde

21/08/19 16h25

Para discutir assuntos pertinentes ao Sistema Único de Saúde da Prefeitura de Aracaju, foi realizada a 42ª reunião ordinária da atual Mesa Diretora do Conselho Municipal de Saúde (CMS). O encontro ocorreu nesta quarta-feira, 21, na sede do CMS, no bairro Siqueira Campos. O principal tema debatido foi a segurança nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Secretário adjunto da Saúde e também conselheiro suplente da vice-presidente do CMS, a secretária da Saúde Waneska Baboza, , Carlos Noronha discursou sobre as reuniões que foram realizadas na semana passada com os conselhos locais de saúde das UBS José Machado de Souza (bairro Santos Dumont) e Adel Nunes (Bairro América), como também sobre a reunião no Ministério Público Estadual (MPE) para discutir a segurança nas unidades.

“A gestão está em consonância com o CMS, tivemos uma discussão ampliada sobre segurança no MPE com a presença do diretor geral da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), o Subinspetor Mendonça, que apresentou os dados da redução de casos de violência nas UBS após a implantação do videomonitoramento. Nas reuniões que participamos com os representantes dos conselhos locais de saúde das UBS José Machado de Souza e Adel Nunes ficou acordado que equipes da GMA ficarão de prontidão na abertura e fechamento das unidades durante um mês e intensificarão as rondas em torno das UBS”, explicou Noronha.

Após muito debates dos conselheiros houve o encaminhamento para criar uma comissão intersetorial de segurança com representantes de órgãos municipais e estaduais. “Vamos definir quais os órgãos que serão incluídos nesta comissão para que, após a criação, seja feito um estudo para ver quais das 45 unidades de saúde de Aracaju têm mais ocorrências de violência e quais os encaminhamentos que serão realizados a partir deste levantamento”, informou a secretária da Mesa Diretora do CMS, Núbia Santana.

Informes

O Conselho Municipal de Saúde é um órgão deliberativo do controle social e tem como membros representantes da participação popular, sendo composto de 50% de usuários do SUS Aracaju, 25% de trabalhadores e 25% de gestor e/ou prestador de serviços.

O conselheiro gestor Luiz Cláudio Soares informou que foi criado o conselho local da UBS Dr. Roberto Paixão do bairro 17 de Março. “Ainda haverá a eleição dos conselheiros, mas estamos felizes pelo fortalecimento dos conselhos locais, pois temos 45 UBS e agora teremos 45 conselhos locais de saúde também, que têm a função de discutir a melhoria do SUS no território”, disse Luiz Cláudio.

“Também gostaria de parabenizar a gestão pela intensificação das ações contra a dengue nos bairros. Quero pedir aos conslheiros que conversem com as suas respectivas comunidades para que deixem os agentes de combate às endemias entrarem nas casas e fazerem o trabalho para evitar o aumento nos números de casos da doença na nossa capital”, destacou o conselheiro trabalhador Rogério Rocha.