Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Transporte e Trânsito

NOTA: SMTT adota providências quanto à reprovação de radares pelo ITPS

09/10/19 15h45

Por apreço à transparência, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de Aracaju solicitou à empresa permissionária responsável pela operação dos medidores de velocidade (radares) instalados em vias públicas da capital mais informações acerca dos laudos de fiscalização divulgados, nesta terça-feira (8), pelo Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS) - órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Além disso, segundo a SMTT, atendendo a determinação da Superintendência feita na terça (8), a empresa permissionária já solicitou ao ITPS uma nova aferição nos radares.

De acordo com os laudos do ITPS, estão reprovados os radares instalados avenida Beira Mar (próximo à Embrapa) – sentido Praia e sentido Centro; avenida Etelvino Alves (próximo ao condomínio Alamedas Jardins) - sentido avenida Augusto Franco; e avenida Tancredo Neves (próximo à Embrapa) sentido Rodoviária Nova, por não haver quantidades de imagens necessárias para a comparação dos dados registrados pelo veículo do ITPS e os registrados pelo medidor de velocidade.

O superintendente da SMTT, Renato Telles, esclarece que os equipamentos não registraram durante a aferição do ITPS as passagens do veículo oficial do órgão que foram feitas acima da velocidade máxima permitida, que é 60km/h. “É importante esclarecer que, se os equipamentos não registraram as passagens acima da velocidade permitida, na prática, os radares estão beneficiando os condutores que não respeitam o limite de velocidade estabelecido”, explica.  

Enquanto aguarda a realização de novas aferições, a SMTT assegura à população que estão anuladas todas as multas decorrentes de excesso de velocidade registrado pelos radares ora reprovados pelo órgão delegado do Inmetro em Sergipe, a partir do dia em que a mais recente fiscalização aferiu os equipamentos, ou seja, 27 de setembro.

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito destaca que, antes dessa reprovação, os radares da avenida Beira Mar foram fiscalizados e aferidos nos dias 16 e 17 de setembro e aprovados pelo Inmetro, que atestou a regularidade dos equipamentos.

Porém, dez dias depois, em 27 de setembro, o ITPS fez nova aferição nos radares da avenida Beira Mar, a qual resultou nos laudos que agora, reprovam os equipamentos, mesmo estes estando com os devidos lacres do Inmetro inviolados.

Quanto aos radares das avenidas Etelvino Alves de Lima e Tancredo Neves, estes também foram aferidos e aprovados pelo Inmetro, nos meses de fevereiro e junho deste ano, respectivamente. Os prazos de aferições dos equipamentos, além de estarem em dia, estão em conformidade com as normatizações estabelecidas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que determina que tais fiscalizações sejam feitas com periodicidade máxima de 12 meses.

Por prezar transparência na gestão pública, a SMTT ressalta ter interesse em esclarecer os motivos que levaram à reprovação dos funcionamentos de alguns destes equipamentos e que manterá a população informada acerca do funcionamento dos radares em toda a cidade.