Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Agência Aracaju de Notícias

Sistema de videomonitoramento da Prefeitura previne e flagra ocorrências criminosas

08/11/19 07h20

Mais de duas mil câmeras instaladas e mais de 80 prédios públicos supervisionados. Esse é o saldo da operação de videomonitoramento que a Prefeitura de Aracaju realiza desde agosto do ano passado, por meio da Guarda Municipal. Nesse período, o monitoramento a partir deste sistema evitou a ocorrência de 110 furtos e a apreensão de 11 envolvidos em crimes, sete armas brancas e três unidades de droga.

De acordo com o diretor-geral da Guarda, subinspetor Fernando Mendonça, as câmeras estão instaladas em pontos estratégicos de escolas, unidades de saúde e secretarias municipais, a fim de dar mais segurança tanto aos servidores quanto aos usuários desses locais. "Terminamos o primeiro ciclo de implantação com todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), algumas Secretarias e órgãos da administração municipal e 34 escolas municipais", destaca.

Agora, o sistema de videomonitoramento está sendo implantado em mais 34 escolas municipais e, até janeiro do próximo ano, todas as unidades de ensino do município será contempladas por esta ação, que integra o Planejamento Estratégico da atual gestão municipal. A partir da Central de Monitoramento, instalada na própria sede da Corporação, no Parque Augusto Franco (Sementeira), equipes da Guarda Municipal acompanham as imagens.

Além disso, as 18 viaturas da Guarda Municipal dispõem de tablets, que possibilitam aos profissionais acompanhar as imagens de onde estiverem, em tempo real e, havendo a necessidade, a viatura mais próxima faz o deslocamento e chega ao local para atender à demanda.

"Foi um avanço muito importante da Prefeitura de Aracaju, porque, com esse serviço, reduzimos as idas desnecessárias, fazendo o deslocamento apenas para locais com real necessidade, já que estamos monitorando antes. Tem local que aumentou em 200% as visitas e outros que tiveram redução, porque elas passaram a ser feitas de acordo com a demanda existente", reforça.

O ônibus de videomonitoramento completa a ação. Unidade móvel, o veículo atua em locais como os terminais de integração, os mercados e grandes eventos, a exemplo do Forró Caju, além de permitir acesos às imagens do sistema de onde estiver. "É um sistema muito importante que tem trazido grandes resultados", garante o subinspetor Fernando Mendonça.

Resultados
Em 15 meses, o sistema foi responsável pela detenção de 11 pessoas, em virtude do flagra das câmeras da Prefeitura, evitou oito furtos; dois casos de violência doméstica e detenção de um suspeito, que, ao ser abordado, descobriu-se que estava com mandado de prisão em aberto. Fora isso, 110 furtos foram evitados. "À noite, com os prédios fechados, nesse tipo de tentativa, o sistema dispara o alarme e os guardas recebem a informação, no tablet e na Central, e fazem o deslocamento. Seis foram presos nessas circunstâncias", diz.

O diretor-geral da GMA reitera que a presença da câmera acaba inibindo a ação criminosa, assim como a ampla divulgação de que elas estão em pleno funcionamento. Por isso, a Corporação já trabalha a perspectiva de ampliar o serviço. "Essa primeira fase foi para prédios do município; agora, vamos partir para as câmeras na vias públicas e para a ampliação física da Central, que contará também com mais tecnologia", revela o subinspetor. A previsão é de que essa ampliação ocorra até o fim do ano.