Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Agência Aracaju de Notícias

Prefeitura de Aracaju abre 4 mil novas vagas para cursos profissionalizantes

13/11/2019 11h00

O prefeito Edvaldo Nogueira anunciou, na manhã desta quarta-feira, 13, a abertura de novas vagas em cursos profissionalizantes gratuitos, disponibilizadas pela Fundação de Formação para o Trabalho (Fundat). São 4.026 oportunidades de formação e qualificação com foco no mercado de trabalho. Com estas novas opções, a Prefeitura de Aracaju chega a 16. 644 vagas ofertadas ao longo deste ano pela Fundat, em parceria com instituições de ensino superior, entidades e empresas.

“Este é mais um momento importante da atuação da Prefeitura de Aracaju, ao passo que anunciamos 4 mil novas vagas para formação profissional daqueles que pleiteiam uma oportunidade de trabalho. São cursos para diversas áreas, de acordo com as necessidades do mercado. O desemprego é hoje a grande chaga da sociedade, notadamente entre os jovens. Quase 30% da população economicamente ativa, entre 18 e 29 anos, está desempregada, por isso é necessário o esforço de todos para mudar este quadro. A Prefeitura de Aracaju, com estes cursos e oficinas, faz a sua parte”, afirmou Edvaldo.

Nesta nova leva de qualificações, quatro novos cursos foram inseridos. São eles: Porteiro (60h); Técnicas Básicas de Extensão de Cílios (32h); Colorimetria Capilar (60h) e Técnicas de Confeitaria (40h). Estes se somam aos cursos já existentes de Auxiliar de Farmácia (100h); Técnicas Básicas de Design de Sobrancelhas (32h); Agente de Limpeza Predial (80h); Técnicas de Vendas (40h); Promotor de Vendas (80h); Operador de Caixa (30h); Como Falar em Público (20h); Finger Food (12h); Panetones e Roscas (12h); Pães Caseiros Artesanais (12h); Liderança e Desenvolvimento em Equipes (30h) e Atendimento com Qualidade (30h).

“A oferta dos cursos leva sempre em consideração a demanda do mercado de trabalho. Para novembro, por exemplo, a gente abre quatro novas opções no nosso portfólio com base nos dados apontados pelo Observatório Social da Universidade Federal de Sergipe, que nos mostra o que o mercado está querendo”, explicou a presidente da Fundat, Edivaneide Lima.

Parcerias

Das vagas oferecidas, 1.180 são para cursos livres, ministrados por instrutores da Fundat, em unidades de Qualificação Profissional, associações comunitárias e instituições parceiras da Fundat, localizadas em diversos bairros da capital. As outras 2.846 são distribuídas entre as oficinas disponibilizadas em parceria com Universidade Federal de Sergipe (UFS), Centro Universitário Estácio de Sergipe, Faculdade Pio Décimo e Home Center Ferreira Costa. As aulas serão ministradas na Escola do Legislativo Deputado João de Seixas Dória, na Superintendência Regional do Trabalho de Sergipe e nas unidades da Fundat.

“A cidade deve servir as pessoas. Deve ser, especialmente, para aqueles que precisam do poder público. Buscamos reconstruir a cidade que é do cidadão e por isso fizemos tanto em dois anos e 10 meses. E na Fundat, avançamos muito por causa das parcerias que firmamos. Não fossem as parcerias não teríamos conseguido ofertar tantas vagas. Por isso fico muito feliz. Ninguém faz nada sozinho. E acredito na mobilização para transformar a cidade”, ressaltou o prefeito.

Inscrições

As inscrições para os cursos e oficinas são gratuitas e já estarão abertas a partir desta quinta-feira, 14. Os interessados devem se dirigir à sede da Fundat, no Centro, ou aos locais onde os cursos ocorrerão, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. É necessária a apresentação dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência (com CEP de Aracaju) e declaração de escolaridade (ou histórico escolar). Para os cidadãos com idade entre 14 e 17 anos, será obrigatório o acompanhamento dos pais ou responsável, que também devem apresentar o RG e CPF.

Participaram do lançamento dos cursos o deputado estadual Capitão Samuel; o vereador Palhaço Soneca; a representante da Pró-reitoria de extensão da UFS, Rosa Bragança; a representante da Pró-reitoria de extensão da Universidade Tiradentes, Janaina Machado; a supervisora do Sest/Senat Alagoas e Sergipe, Danielle Rodrigues Queiroz; o representante do Centro Universitário Estácio de Sergipe, Flávio Santos; a representante da Faculdade Uniasselvi, Janecleide Salgueira de Jesus e a professora Avani Almeida, da Faculdade Pio X.