Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Agência Aracaju de Notícias

Investimentos da Prefeitura ampliam quantitativo de vagas na educação infantil em 52%

13/01/2020 05h30

Ter acesso à educação é direito do cidadão e garanti-lo a todos é o princípio da universalização do ensino, meta buscada pela Prefeitura de Aracaju a partir do Planejamento Estratégico 2017-2020. Desde modo, a administração municipal tem investido na expansão do acesso à educação infantil na rede municipal de ensino.

Ampliar as vagas nas unidades escolares da rede municipal de ensino é um dos compromissos da atual gestão que, a partir do trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal da Educação (Semed), nos últimos três anos, ampliou em quase 52% a oferta de vagas na educação infantil; considerando apenas as creches, no comparativo de 2019 com o ano anterior o aumento da oferta de vagas foi de 30%.

Os números positivos são resultados de investimentos planejados em projetos de construção, reforma e ampliação de unidades escolares, como explica a secretária municipal da Educação, Maria Cecília Leite. “Havia uma grande lacuna a ser preenchida, sobretudo na creche e pré-escola, então, nossos esforços se voltaram para suprir a população e ofertar mais vagas, mas, para isso, era preciso construir e ampliar as escolas”, salienta.

De acordo com a gestora da Semed, a pasta atua focada, sobretudo, para assistir a parcela mais necessitada da população. Somente no ano passado, a gestão entregou a reforma e um novo anexo de três escolas. A Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Ana Luíza Mesquita da Rocha, no bairro José Conrado de Araújo, foi totalmente revitalizada para atender a mais de 200 crianças de 3 a 5 anos. No bairro Porto Dantas, a Emei Etelvina Amália de Siqueira ganhou um novo anexo para 160 alunos. E no Santa Maria, o anexo da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Papa João Paulo II foi estruturado para atender 270 crianças do loteamento Marivan.

“Conseguimos zerar filas nos bairros Coqueiral e Porto Dantas. No Santa Maria, mais precisamente no Marivan, com a inauguração do anexo da Papa João Paulo, conseguimos assistir 270 crianças de pré-escola, ou seja, toda a demanda do Santa Maria e 17 de Março. E esses são exatamente os bairros mais vulneráveis, do extremos Norte - Coqueiral e Porto Dantas - e na Zona de Expansão - Santa Maria e 17 de Março -, os bairros que mais precisavam de ação imediata”, detalha Maria Cecília.

Para a secretária, com a ampliação do acesso à educação infantil a alfabetização é beneficiada. “A criança vai chegar ao fundamental tendo uma base sólida, já tendo passado por um processo de reconhecimento de si e do outro e do mundo do conhecimento, que é o engatinhar da creche e pré-escola. Isso também vai refletir no futuro”, completa.

Em 2020, o objetivo é ampliar ainda mais a cobertura. “Ainda não chegamos à universalização da educação em toda a rede municipal, mas, estamos dando grandes passos para alcançar isso”, garante a secretária.