Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Educação

Na rede municipal de ensino de Aracaju, alunos têm aulas de reforço escolar nas férias

13/02/2020 14h50

O período de férias escolares na rede municipal de ensino de Aracaju foi iniciado em fevereiro. No entanto, para cerca de 360 estudantes, a rotina de estudos continua. É que para garantir o aprendizado das crianças, diversas unidades de ensino estão ofertando reforço escolar durante as férias, uma forma de complementar os conteúdos pedagógicos aplicados durante o ano.

As Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) Sérgio Francisco da Silva, Jornalista Orlando Dantas, Anísio Teixeira, Alencar Cardoso, Ministro Geraldo Barreto Sobral, Marechal Henrique Teixeira Lott e Otília de Araújo Macedo permaneceram com as portas abertas para receber os estudantes que apresentam algum tipo de dificuldade relacionada, principalmente, à alfabetização.

Na Emef Jornalista Orlando Dantas, no bairro Olaria, a equipe diretiva, junto com os professores, definiu quais alunos passariam pelo reforço. “Não é obrigatório que o aluno venha, mas fazemos o convite, inclusive aos pais, para que essas crianças venham para a escola no período de férias receber o reforço. Como é um encontro reduzido, com menos tempo e com menos pessoas, podemos ter uma dedicação maior com cada um deles”, explica o coordenador pedagógico da unidade, Anderson Tadeu Gonçalves.

Na Emef Sérgio Francisco da Silva, no Lamarão, 120 alunos comparecem à unidade toda manhã para as atividades. “A nossa Emef disponibiliza reforço durante as férias desde 2014. Ao constatarmos que cada criança aprende de forma diferente e possui necessidades específicas, que no dia a dia da sala de aula, por vários fatores, o professor não consegue atender, essa é a oportunidade para os alunos reverem com calma os conteúdos em que mais apresentam dificuldade e estimulamos as competências e  as habilidades necessárias para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem”, explica a diretora da Emef, Delma Araújo. Além das atividades em sala de aula, estão sendo realizados jogos pedagógicos, bingos, jogos de dominó, contação de histórias, entre outros. 

De acordo com o Departamento de Educação Básica (DEB) da Secretaria Municipal da Educação (Semed), cada escola é responsável por identificar os alunos com necessidades de reforço e planejar as atividades durante o período. É o que explica a coordenadora de Ensino Fundamental da rede, professora Ana Débora Lima França.

“Direcionamos esta ação para os alunos que estão com dificuldades de aprendizagem, sobretudo quanto à alfabetização. Essa medida visa melhorar a aprendizagem dos alunos no desenvolvimento de competências em leitura, escrita e matemática, contribuindo assim para o sucesso deles na trajetória escolar, de modo a evitar a retenção no final do ano letivo e assegurar, sobretudo, a aprendizagem”, destaca.