Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Planejamento e Orçamento

Escola de Governo capacita profissionais da Saúde em mediação de conflitos e gerenciamento

14/02/2020 15h00

Nos dias 7 e 14 deste mês, a Escola de Governo e Administração Pública da Prefeitura (Esgap), em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde, realizou a oficina "Mediação de Conflitos" e o curso "Administração e Gerenciamento", cujo público-alvo foram os gerentes de unidades de saúde gerenciadas pela Prefeitura de Aracaju. Divididas em duas turmas distintas, as atividades objetivaram qualificar e melhorar a relação desses profissionais com a população.

A oficina sobre mediação de conflitos foi promovida pela Coordenação Psicossocial da Esgap e ministrada pela especialista em Gestão de Conflitos, Eliza Marques, que apresentou e explicou de forma dinâmica como funcionam as ferramentas utilizadas pelo mediador, além de ouvir as experiências cotidianas dos participantes. “Momentos como este são muito importantes, pois é uma oportunidade de conversarmos sobre conflitos, maneiras de solucioná-los, comunicação, reflexão interna e como se cuidar", disse Eliza.

Já o curso sobre administração e gerenciamento, foi ministrado pelo coordenador do curso de administração da Universidade Tiradentes, José  Walter Santos. De acordo com ele, essas são duas ferramentas importantes para a boa execução das tarefas no dia a dia. "Para isso, é preciso ter comunicação, atividades de liderança e conhecimento de produtividade e planejamento", destacou.

A gerente da Unidade de Saúde Oswaldo Leite, Rosangela Lima, aprovou a forma de abordagem dos temas. "Tudo que nos foi passado é o que a gente vive no trabalho e na vida pessoal. Então, vai me ajudar a lidar melhor com problemas do cotidiano, que são muitos”, contou. Corroborando com Rosangela, Bárbara Oliveira, que trabalha no Programa Academia da Cidade, da Secretária da Saúde, disse que vai aplicar o que aprendeu no seu trabalho. “Vai me ajudar, principalmente escutar mais, coisa que é muito importante”.

Esgap
A coordenadora psicossocial da Esgap, Ana Dalva Trindade, explicou que o as atividades surgiram a partir da necessidade de proporcionar a esses profissionais ferramentas para compreender a importância da mediação como meio de prevenção e controvérsias, com possibilidade de restaurar a convivência entre as pessoas.

Por sua vez, a assessora da Escola, Doris Gomes, disse que além da dinâmica, foram utilizadas metodologias ativas, inclusive, citando exemplos da realidade de trabalho vivenciada pelos gerentes das UBS, que aprenderam sobre habilidades necessárias para uma boa administração