Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Agência Aracaju de Notícias

Prefeitura reforça a importância do descarte correto de lixo no carnaval

21/02/2020 05h00

De modo a conscientizar a população para o descarte correto de lixo durante os festejos carnavalescos, a Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), intensifica, ao longo deste mês, as campanhas educativas e o trabalho de limpeza da cidade, que assiste à realização de diversos bloquinhos, nesse período.

“São manifestações que contam com o apoio da Prefeitura, que concede as autorizações necessárias, mas é preciso que a população utilize dos dispositivos disponibilizados para o descarte correto de resíduos. Em toda a cidade há caixas coletoras. Recolher o lixo nesses locais agiliza o trabalho das equipes, garantindo que a cidade voltará a estar completamente limpa mais rápido”, explica o presidente da Emsurb, Luiz Roberto, ao destacar que as ações de educação ambiental desenvolvidas pelo órgão, assim como os serviços de limpeza pública, estão intensificadas nesse período.

Dados das empresas de limpeza que atuam nas cidades brasileiras mostram um aumento de cerca de 40%, a cada ano, na quantidade de lixo recolhido após a folia carnavalesca, algo que pode gerar problemas.

“Além de sobrecarregar a coleta e o armazenamento nos aterros sanitários a sujeira que o carnaval deixa nas cidades é um dos maiores problemas do pós-feriado: latas de alumínio, garrafas de vidro, copos plásticos, pedaços de fantasias, panfletos de divulgação são facilmente encontrados nas ruas, podendo causar entupimento de bueiros e aumentando o risco de enchentes. Vale ressaltar também que sendo consciente sobre o descarte correto do resíduo, evitamos também que estes cheguem ao mar agravando mais ainda a poluição nos oceanos”, explica a professora Dra. Nayára Bezerra, especialista em Gestão de Resíduos Sólidos.

Na busca por aproveitar a festa e, ao mesmo tempo, manter a cidade limpa, respeitando o meio ambiente, algumas medidas podem ser tomadas, orienta Nayára.

“Para um carnaval mais sustentável as principais orientações para quem vai curtir a folia nas ruas são: jogar os resíduos nas lixeiras mais próximas; e produzir menos lixo, evitando o uso de material descartável e também levar seu próprio copo ou sua própria sacolinha de lixo. Vale também reaproveitar aquilo que iria para o lixo, utilizando material reciclável para a criação de fantasias, adereços e máscaras ou reutilizar fantasias de carnavais passados e propagar as boas práticas para sensibilização de outras pessoas”, alerta a especialista.

Tomar precauções, planejar o uso correto dos recursos, e ajudar na disseminação de informações que possam propagar o entendimento no qual o cidadão também faz parte da natureza, da vida orgânica nas cidades, são maneiras eficazes para que o carnaval ganhe um significado, de respeito ao meio ambiente, além do êxtase provocado pela música e pelo contato entre as pessoas.