Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Agência Aracaju de Notícias

Prefeitura leva infraestrutura a mais de 60 ruas em comunidades do Santa Maria

25/02/2020 05h00

Morar em uma invasão, geralmente, é sinônimo de falta de infraestrutura e de serviços essenciais. Mas essa realidade está mudando para quem mora nas Invasões Terra Dura e Santa Isabel e no loteamento Senhor do Bonfim, no bairro Santa Maria.
 
Isso porque a Prefeitura de Aracaju está investindo na infraestrutura dessas áreas para proporcionar melhores condições de vida às diversas famílias que ali residem. Essa obra, por exemplo, consiste na execução de terraplenagem, drenagem, pavimentação asfáltica e construção de calçadas nas três localidades.
 
Na Invasão Terra Dura, os serviços contemplam 34 ruas; já na Invasão Santa Maria, outras 27 ruas; e no Loteamento Senhor do Bonfim, mais cinco ruas. Ao todo, são 66 vias totalmente transformadas, a partir de um investimento superior a R$11 milhões. 
 
A obra conta com 62% de todo o projeto já executado, e entra na reta final, com os serviços de implantação da drenagem, terraplenagem e de bases primárias nas vias da invasão da Terra Dura, para implantação de pavimentação. Os demais pontos da obra estão com 90% dos equipamentos urbanos já consolidados.
 
A previsão de entrega de toda a obra é maio deste ano. Mas as melhorias já são sentidas pela população. Maria de Lurdes Santos mora há 27 anos na rua 11 do loteamento. "Era cheio de lama, buraco, muita coisa ruim", diz Maria. "Agora, só tem coisa boa. É uma alegria ver essa obra, porque pensei que só os outros bairros seriam organizados e aqui não. Mas está tudo melhor", ressalta.
 
A moradora Antônia Tavares também comemora as mudanças. "A gente vivia na lama, no esgoto, com muito mosquito, e agora melhorou bastante. Foi muito bom a Prefeitura lembrar daqui e realizar essa obra", reconhece. 
 
Para o comerciante Sérgio Nunes Lima, que mora há 28 anos no local, "a chegada do asfalto mudou totalmente a vida" de quem mora na região. "Nem as viaturas passavam aqui, porque não tinha como. Então, agora temos mais segurança. Melhorou 100%, porque além da segurança e da comodidade, valorizou o comércio. O tempo da lama ficou para trás", ressalta. 
 
Essa também é a sensação de Tânia Maria Santos, que mora há cinco anos no loteamento. "Era lama pura, ninguém passava quando chovia, nem de carro, nada. Agora está melhor, mudou tudo", reconhece Tânia.