Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Saúde

Prefeitura apresenta avanços da Saúde em 2019 durante sessão da Câmara de Aracaju

20/02/2020 16h21

Nesta quinta-feira, 20, em audiência pública na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) da Prefeitura de Aracaju apresentou o Relatório Detalhado do Quadrimestre (RQD). Na apresentação deste terceiro relatório, referente aos quatro últimos meses de 2019, a secretária Waneska Barboza aproveitou para expor, junto aos parlamentares, o balanço com os dados, ações, serviços e avanços relacionados à Política Pública de Saúde de Aracaju não apenas do período, mas de todo ano passado.

O RQD se configura como instrumento de monitoramento e acompanhamento da execução da Programação Anual de Saúde (PAS), e apresenta a síntese do funcionamento do SUS em Aracaju. “É um exercício a ser feito a cada quatro meses, prestando conta das ações de saúde. Além disso, trouxemos tudo que foi feito ao longo de 2019, em prol da população de Aracaju”, destacou a secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza.

Sobre os dados apresentados, no que compete às coberturas vacinais registradas no ano passado, a vacina tríplice viral teve 91,37% de cobertura vacinal, tendo sido administradas 8.286 doses.

“Nossa função é justamente essa, imunizar as pessoas, porque sabemos que o único caminho para evitar a doença é a imunização. No último sábado [15], tivemos uma campanha contra o sarampo com faixa etária de cinco a 19 anos e quase cinco mil pessoas procuraram nossas unidades. A campanha chama a atenção, mas a vacina está disponível em todas as 45 unidades, e qualquer dúvida a pessoa deve se dirigir a unidade”, reforçou a secretária.

Outro índice exitoso, apresentado aos parlamentares municipais, está relacionado às ações de combate ao Aedes aegypti, seja através dos 21 mutirões já realizados aos sábados, nas ruas da cidade, pelas intervenções noturnas e aplicação de fumacê costal, ou ainda, por meio do Projeto Canto Limpo – Programa Saúde na Escola, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, levando educação e saúde. O resultado das intervenções noturnas em 2019 foi de 151.955 imóveis tratados, 174 bloqueios e 174 dias de aplicação de fumacê costal. E o conjunto de ações resultou na queda do LIRAa de 2,6 para 0,9 durante o ano de 2019.

“A Secretaria tem a função precípua de orientar e fazer prevenção. Não nos cansamos de mostrar à comunidade como ela deve identificar um foco no caso da dengue, como deve descartar, se proteger das síndromes gripais, agora com a possibilidade de ter no Brasil o novo corona vírus. Nós já estamos nos comunicando com a população, sobre evitar, se proteger, o que deve ser feito”,declarou Waneska.

Demais ações
Também foram apresentados os bons índices no serviço do Castramóvel, que duplicou o número de castrações em 2019; no número de atendimentos na Atenção Básica; sobre as reformas dos Centros de Apoio Psicossocial [Caps] Jael, Primavera e Liberdade; o Projeto Sons no SUS sendo destaque na Mostra Brasil Aqui Tem SUS, do Governo Federal; reformas de seis Unidades Básicas de Saúde e revitalização de oito.

Ainda foram apresentadas a melhoria no abastecimento de medicamentos na rede de saúde da capital, que alcançou 93%; a implantação do Prontuário Eletrônico; a construção da maternidade pública municipal no bairro 17 de março; construção e inauguração da UBS Roberto Paixão; projeto ConVida Gestante com mutirão de pré-natal na Atenção Primária; o percentual das ações pactuadas e já concluídas ou em andamento, além de ser destacada a premiação, em 2º lugar, na Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas, evento realizado em Brasília.

Dados sobre a recomposição de mais de 90% da equipe médica e 100% da equipe de enfermagem; revitalização do Hospital Fernando Franco, incluindo climatização dos ambientes e o incremento de especialidade de Ortopedia na unidade; recomposição também de equipamentos e mobiliários; melhoria na regulação de exames e consultas, com redução no tempo de espera; e as ações de ampliação do Programa Academia da Cidade também foram apresentados.  

Reconhecimento
Durante sua fala, o vereador Manuel Marcos elogiou o trabalho da secretária e reconheceu o empenho de toda a equipe da pasta. Segundo o parlamentar, que é médico, é possível observar um trabalho dedicado, cujos resultados apresentam números favoráveis, a exemplo das ações de combate à dengue e zika. "Além do aumento no atendimento, a rapidez das execuções dos exames, o que criava um problema muito grande. Vejo na secretária uma mulher dedicada que está buscando facilitar o trabalho da Prefeitura, em relação à saúde do povo de Aracaju”, disse.

Já o vereador Américo de Deus destacou a inclusão do atendimento especializado de ortopedia no Hospital Fernando Franco. “É um grande ganho para a população daquela região. Também parabenizo pela parceria com as escolas na ação de combate ao mosquito da dengue, esse trabalho deve começar na base mesmo”, disse o vereador, que também parabenizou à gestão da SMS pelo Projeto Sons do SUS e pela melhoria no abastecimento de medicamentos na rede de saúde da capital, visto que houve uma redução no número de reclamações sobre o assunto.

“Devemos reconhecer todo percurso que foi vencido nessa trajetória tão árdua que é tratar da saúde pública. Os números trazidos são todos muito positivos, há uma crescente no atendimento, na quantidade e na qualidade. A situação do atendimento, de reforma dos espaços, ampliação e renovação dos equipamentos. Portanto, é preciso parabenizar, pois na situação inicial, a Prefeitura de Aracaju, em especial na questão da Saúde, foi recebida aos frangalhos e hoje está completamente diferente”, elogiou o vereador Professor Bittencourt.

O mesmo reconhecimento foi feito pelo vereador Vinicius Porto, que pontuou que a gestão da Saúde em Aracaju tem muito planejamento estratégico, pois, explicou, não adiantam as condições e as verbas, se não houver planejamento pra aplicá-las. Exemplificou como boas ações as reformas nos CAPS e a educação em saúde promovida de diversas formas, a exemplo do CineSUSgestão.