Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Assistência Social e Cidadania

Campanha “Vacinação Solidária” ganha força com retomada do reforço vacinal

04/05/2021 17h10

Com a continuidade da aplicação da segunda dose de CoronaVac e o início do reforço vacinal com AstraZeneca, a partir desta terça-feira, 4, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Assistência Social, segue impulsionando as doações para a Campanha “Vacinação Solidária”.

Devido à suspensão da aplicação da segunda dose da vacina CoronaVac, em decorrência do atraso no envio dos imunizantes pelo Ministério da Saúde, o recebimento das doações foi suspenso por curto período de tempo, no qual a Secretaria da Assistência Social de Aracaju realizou a entrega de cerca de 1.400 kits de alimentação montados a partir dos alimentos doados pela sociedade.

Mesmo sendo aberta a toda a população aracajuana, independente da faixa etária e grupo para vacinação, a campanha precisou se adequar ao cronograma com o objetivo de somar forças às ações.

A secretária-adjunta da Assistência Social de Aracaju, Selma França, reforça o objetivo da Vacinação Solidária, que é beneficiar famílias em situação de pobreza e extrema pobreza do município.

“A expectativa para os próximos dias se mantém grande, já que mais um público começou a ser imunizado e mais doações serão feitas. Gostaríamos de reforçar que a campanha é de todos, não é preciso estar no grupo a ser vacinado para poder contribuir.  Com a solidariedade da população aracajuana, conseguimos beneficiar, até o momento, cerca de 72 entidades e grupos sociais, além de atendermos às solicitações espontâneas de famílias nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas) da capital. Continuem abraçando a nossa causa. Se puder, faça sua contribuição. Tenho certeza de que faremos a diferença na vida de centenas de  famílias”, destacou a adjunta.   

A iniciativa da Prefeitura é coordenada pela Secretaria Municipal da Assistência Social em parceria com a Secretaria Municipal da Juventude e do Esporte (Sejesp) e a Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), em uma logística que envolve 74 pessoas, divididas em equipes de trabalho que atuam no recolhimento, na higienização, na arrecadação e no transporte dos mantimentos para uma das unidades socioassistenciais do Município, onde a partir de então, acontecem a separação dos alimentos e a montagem dos kits.

Desde o início da campanha, ja foram arrecadados 8.200 toneladas de alimentos. Desse quantitativo, 535 kg foram doados pela Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), fruto das contribuições dos próprios servidores.

O consultor administrativo da Fundat, Fillype Fernandes, 28, está trabalhando no recebimento das doações no Parque Augusto Franco, mais conhecido como Sementeira. Para ele, a gratidão traduz seu sentimento pela participação da população.

“É uma ação muito importante para ajudar as pessoas que estão passando por dificuldade durante essa pandemia, tanto para quem está ou não se vacinando. Se puder, contribua. Esse é o nosso pedido. Agradecemos a todos que já doaram e aos que ainda irão colaborar também”, disse, com alegria.

Para contribuir, basta comparecer nos seguintes pontos de arrecadação: drive-thru (montado no Parque Augusto Franco, conhecido como Sementeira, de segunda a domingo, de 8h às 17h);  no prédio da Estação Cidadania (situado na rua Pacatuba, 64, Centro, de segunda à sexta-feira, de 9h às 15h); e nas 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) com vacinação contra covid-19 autorizada (de segunda à sexta-feira, de 8h às 16h).

Vacinas

Nesta terça-feira, 4, foi iniciado o ciclo de aplicação da vacinação das segundas doses da CoronaVac (para quem recebeu a primeira dose nos dias 1º e 2 de abril), da AstraZeneca (para quem se vacinou em fevereiro) e, por fim, a primeira dose da Pfizer para profissionais da saúde previamente cadastrados no portal VacinAju.

Também foi iniciada a etapa de imunização das pessoas de 59 anos de idade com comorbidades. Estão contemplados nesta fase da campanha de imunização, pessoas que comprovem ter: diabetes Mellitus; pneumopatias crônicas graves; hipertensão arterial resistente, estágio 3 ou estágio 1 e 2 com lesão em órgão-alvo/comorbidade; doenças cardiovasculares; doença cerebrovascular; imunossuprimidos; hemoglobinopatias graves (doença falciforme e talassemia maior); obesidade mórbida e cirrose hepática.

Nas unidades estabelecidas para a aplicação da segunda dose de AstraZeneca, o serviço é realizado de segunda a sexta, das 8h às 16h.

Pontos de vacinação da segunda dose

- UBS Augusto Franco (conjunto Augusto Franco)

- UBS Cândida Alves (Santo Antônio)

- UBS Marx de Carvalho (Ponto Novo)

- UBS Manoel de Souza (conjunto Sol Nascente)

- UBS Santa Terezinha (Robalo)

- UBS Edézio Vieira de Melo (Siqueira Campos)

- UBS Adel Nunes (Bairro América)

- UBS Hugo Gurgel (Coroa do Meio)

- UBS José Augusto Barreto (Japãozinho)

- Cras João de Oliveira Sobral (Santos Dumont)