Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Saúde

Saúde cobra abertura de mais vagas com empresa contratada para atender renais crônicos

16/01/18 18h10

Na manhã desta terça-feira, 16, a Nefroclínica, empresa contratada que presta o atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com problemas renais crônicos, anunciou que serão disponibilizadas apenas 12 vagas, em detrimento de uma lista de espera de 54 pessoas. Diante desta informação, o Núcleo de Controle, Avaliação, Auditoria e Regulação (Nucaar), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), informa que não há justificativa para esse número reduzido de oferta, já que não existem pendências financeiras.

A Nefroclínica é uma das três clínicas contratadas para a realização de hemodiálise em Aracaju. Foi ela que, inclusive, absorveu os mais de 100 pacientes da região de Itabaiana quando a clínica do município foi interditada pela Vigilância Sanitária Estadual.

"Com este problema, a fila de Aracaju cresceu para 54 pacientes, alguns esperando o tratamento internados em hospitais. No final da semana passada, a clínica de Itabaiana reabriu e, com isso, imaginamos que a Nefroclínica abriria um grande volume de vagas para zerar essa fila, coisa que até então não aconteceu. A SMS tem cobrado todos os dias a abertura dessas vagas e, mesmo assim, eles forneceram um número restrito de vagas", lamentou a diretora do Nucaar, Tina Cabral, informando ainda que a lista dos pacientes do SUS que aguardam hemodiálise em Sergipe é criteriosamente regulada pelo Nucaar, e segue protocolos preestabelecidos.

Tina reforça que não há problemas em relação ao contrato com a Nefroclínica que justifiquem indisponibilidade de uma oferta mais robusta para Aracaju. "Até porque a capital atende, além da região de Aracaju, pacientes das regiões de Propriá, Lagarto e Nossa Senhora do Socorro. Continuaremos supervisionando os serviços prestados pelas clínicas contratadas, assim como monitorando os contratos com elas, a fim de que possamos garantir um atendimento de qualidade em tempo oportuno", finalizou.