Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Obras e Urbanização

Comunidade aprova implantação de defensas na zona Norte

09/10/18 09h52

O terreno onde estão localizados os bairros da zona Norte apresenta relevo com ondulações, altitudes e desníveis. Estas características, associadas à ocupação desordenada no início do povoamento destes locais, provocaram alguns problemas que só com políticas urbanizadoras vão sendo gradativamente sanados. É o que está acontecendo na rua Espírito Santo, situada no bairro Cidade Nova, onde a Prefeitura de Aracaju, por meio da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), está implantando uma defensa que protegerá moradores que vivem às margens da via.

Medindo mais de mil metros, a nova defensa metálica, que é um sistema de proteção responsáveis por absorver e desacelerar os veículos durante o impacto e diminuindo ou eliminando o risco de danos aos condutores, agradou as pessoas que moram na rua. Agora, elas terão mais segurança com o novo equipamento.

A autônoma Terezinha Souza mora na localidade há 30 anos e sempre temeu algum acidente que atingisse sua residência, mas agora diz estar certa de que sua casa ficou mais protegida. "Antigamente vivíamos com medo de que algum veículo desgovernado atingisse alguma casa. Já tivemos casos em que motos e bicicleta caíram, mas sem vítimas graves. Com esta proteção este perigo estará afastado e nos estaremos mais seguros", garante a moradora.

O motorista Cláudio Muniz transita todos os dias pelo local e também reconhece a importância do equipamento. "Vai facilitar a orientação para quem dirige, protege os pedestres e sobretudo, as moradias na parte inferior da rua. Por isso, a Prefeitura fez o correto ao pela primeira vez implantar essas defensas", diz.

De acordo com o secretário municipal da Infraestrutura, Sérgio Ferrari, o pedido foi formulado pela comunidade ao prefeito Edvaldo Nogueira que, de pronto, encaminhou à Emurb para  ser atendido. "Defensas são dispositivos de contenção de veículos desgovernados mais adequados para áreas desniveladas e onde existem residências. Neste caso, da avenida Espírito Santo vai sanar um antigo problema e dar mais proteção aos moradores desta via", pontua o secretário.