Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Agência Aracaju de Notícias

Edvaldo confirma reajuste da tarifa de transporte menor do que pedido pelo Setransp

07/12/18 12h30

O prefeito Edvaldo Nogueira confirmou nesta sexta-feira, 7, durante a inauguração da nova sede do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde em Sergipe, o novo valor da tarifa de ônibus na capital e região metropolitana: R$ 4,00.  O preço começará a ser cobrado a partir do próximo domingo, 9, a partir de 0h. O novo valor da tarifa para o sistema de transporte coletivo de Aracaju e Região Metropolitana, que, geralmente, é modificado no início de cada ano, não era reajustado há um ano e três meses, por determinação do próprio prefeito. 

O aumento dos insumos no acumulado desses um ano e três meses, em especial o combustível diesel, que cresceu 24,2% em relação a agosto de 2017, fez com que não fosse possível manter a tarifa nos valores atuais, de R$3,50.  

No entanto, vale ressaltar que o valor do aumento é 47% menor do que o solicitado pelas empresas do setor, que pleitearam uma tarifa de R$ 4,44. “Eu estou preocupado com a população que mais precisa. Os cálculos da SMTT mostraram que esse reajuste foi necessário, mas de forma que não prejudique, como os empresários queriam, por isso mantive em R$ 4,00, mostrando que meu compromisso é com a sociedade, não com os empresários do transporte coletivo”, explicou o prefeito.

NOTA DA PREFEITURA DE ARACAJU SOBRE REAJUSTE DA TARIFA  

A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) informa que, após os estudos realizados pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju e análise minuciosa da planilha de custos do transporte público, ficou estabelecido um reajuste de 14,2% da tarifa, elevando o seu valor para R$ 4,00. A nova tarifa entra em vigor no próximo domingo, dia 9, a partir de 00h.

O novo valor da tarifa para o sistema de transporte coletivo de Aracaju e Região Metropolitana, que, geralmente, é modificado no início de cada ano, não era reajustado há um ano e três meses, por determinação do prefeito Edvaldo Nogueira. 

Diante do aumento com insumos, em especial o combustível diesel, que cresceu 24,2% em relação a agosto de 2017, data do último reajuste da tarifa, não foi possível manter a tarifa nos valores atuais.

Vale destacar também que o valor do aumento é 47% menor do que o solicitado pelas empresas do setor, que pleitearam uma tarifa de R$ 4,44. 

Assim, mais uma vez, a atual administração reafirma o seu compromisso com o cidadão, aplicando o menor percentual possível de reajuste, demonstrando equidade com o equilíbrio financeiro do sistema.

Prefeitura de Aracaju