Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Educação

Crianças participam de Aula da Saudade na Emei Antônio Valença Rollemberg

11/01/19 12h31

Com o tema ‘Brinquedos e Brincadeiras’, 30 alunos da Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Antônio Valença Rollemberg, localizada no bairro Farolândia, participaram de uma ‘aula da saudade’ que marcou a transição das crianças – de cinco e seis anos – para a nova fase na unidade. Atualmente, a escola atende a mais de 150 famílias da região e tem uma equipe formada pela direção, dez professoras, 12 cuidadoras e cinco funcionários. Todo esse pessoal atua com esmero, no sentido de garantir o desenvolvimento e aprendizado dos estudantes.

“Os brinquedos e as brincadeiras integram o cotidiano das nossas crianças. Aliás, esse é um dos seis direitos de aprendizagem e desenvolvimento para as crianças da Educação Infantil garantidos na Base Nacional Comum Curricular, a BNCC. Então, para os alunos que estão quase se formando na pré-escola, a maioria frequenta a nossa unidade desde a idade de um ano, este é um aspecto importante e decidimos que era a melhor representação para essa comemoração”, afirmou a diretora da escola, professora Adeci Figueiredo Santos.

Para as professoras que acompanharam as duas turmas neste último ano letivo, vê-los na aula da saudade foi motivo de extrema alegria. “É um momento de extrema realização. A gente olha para eles e se sente feliz por ter contribuído de alguma forma para que eles cresçam saudáveis e conscientes de si”, explicou a professora Flávia Silva Matos.

Com os olhos cheios de lágrimas, a professora Ana Cleide Gomes do Nascimento também disse estar satisfeita. “É um misto de saudade com alegria. Passamos tanto tempo com eles e aprendemos várias coisas com e sobre cada um. E este é o nosso trabalho, acompanhar e guiar o desenvolvimento das crianças que chegam à rede a cada ano, fazendo o melhor possível dentro do cenário no qual vivemos”, descreveu.

Enquanto dançava despreocupada e feliz, acompanhada dos colegas de turma, Lavínia Mercedes Fáris da Silva, seis anos, falou sobre como estava se sentindo. Para ela, a aula da saudade, uma prévia da formatura que ocorrerá na próxima semana, foi um momento simbólico. “Eu amo a minha escola e gosto de estudar aqui. Eu estou animada com a formatura e com o novo ano”, afirmou.