Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Formação para o Trabalho

Cidadãos participam da Fundat Orienta e se capacitam para entrevista de emprego

31/01/19 22h11

Começar o ano já pensando em oportunidades futuras, foi o foco dos participantes da segunda edição da Fundat Orienta, oficina realizada nesta quarta, 30, e quinta, 31, naUnidade de Qualificação Profissional (UQP) Paulo da Conceição, situado no bairro Porto Dantas. A ação possibilitou orientações para os cidadãos que almejam se capacitar para entrevistas de emprego, e assim, conquistar uma vaga no mercado de trabalho. O evento também se propôs a sanar as dúvidas a respeito de como elaborar corretamente o currículo, além de dicas sobre marketing pessoal, pontos primordiais para encarar a tão sonhada seleção em uma vaga de emprego.

Com o nível de desemprego ainda alto, sai na vantagem quem procura se qualificar mais. Não basta ter apenas uma grande quantidade de experiência profissional, é preciso saber como organizar as informações no currículo. E esse foi um dos pontos detalhados durante a oficina ministrada por Tamara Fonseca, responsável pelas pré-seleções da Agência do Trabalhador da Fundat. "Além de saber organizar as informações no currículo, nós levamos informações sobre como se comportar em uma entrevista de emprego, qual tipo de vestimenta é ideal para a ocasião e como promover melhor a imagem, o que chamamos de marketing pessoal", explica Tamara.

Segundo a instrutora, a Fundat Orienta desenvolve um trabalho educativo com os participantes, e quem comparece à oficina tem mais probabilidade de ser selecionado em uma entrevista. “A diferença que faz uma pessoa que tem prévio conhecimento de como se comportar em uma entrevista de emprego é enorme no dia da entrevista, ela tem muito mais chances de conquistar a vaga a qual se propõe, mais confiança no momento de ir à entrevista e adquire mais conhecimento prévio que é importante ter”, complementa Fonseca.

Aprendizado

Aos 57 anos, Rosália Bispo não vê a hora de retornar à rotina do trabalho, depois de uma década empregada como ajudante de produção. Ela ficou desempregada e participou da Fundat Orienta para ficar por dentro das atualizações para a montagem do currículo. “Estou participando para aprender mais um pouco e me atualizar das novas regras de organização do currículo”, conta Rosália. Segundo a participante, a oficina conseguiu tirar suas dúvidas e ela já se sente preparada para elaborar o currículo.

Depois de passar por três profissões diferentes e ficar desempregado, David Alisson, 31, viu a Fundat Orienta como uma chance de se capacitar para as oportunidades que virão. Por meio da oficina, ele descobriu muitos erros que estava cometendo nos dados do currículo, e no momento da entrevista de emprego. “Estou desempregado há quase um ano, passei por três empresas diferentes, a Fundat Orienta me ajudou bastante, eliminei vários erros, agora é só esperar as oportunidades para corrigir”, comenta.

Assim como Rosália e David, mais de 40 pessoas participaram da segunda edição da Fundat Orienta. Presente na oficina, o presidente interino da Fundação, Jorge Araújo Filho, elogiou a segunda edição e parabenizou a equipe e os participantes."Nós temos a preocupação de prepará-los para estas etapas tão importante que é a elaboração do currículo e a entrevista de emprego, porque queremos que eles não se sejam apenas candidatos à vagas de emprego, mas que consigam conquistá-las", ressalta o presidente interino.