Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Obras e Urbanização

Beira Mar: cerca de 2,5 quilômetros já foram recapeados

25/03/19 08h30

A obra que está requalificando o pavimento da Beira Mar já apresenta os primeiros resultados positivos e cerca de 2,5 dos 10 km inclusos no projeto já foram fresados e recapeados. Isso representa ¼ de toda a extensão da via e atende ao regramento técnico empregado neste projeto de mobilidade concebido e executado pela Prefeitura de Aracaju. Além de fazer parte de um dos quatro corredores que serão contemplados dentro do Projeto de Mobilidade, toda a proposta de engenharia compreende o recapeamento que vai do terminal de ônibus do Mercado Central até a rótula da Atalaia.

Orçada em cerca de R$ 10 milhões, conveniados entre a Prefeitura de Aracaju e o Governo Federal, os recursos serão destinados à fresagem do piso existente, criação de novo piso viário, construção cerca de 100 rampas para acesso de pessoas com deficiência, calçadas e sinalização vertical e horizontal.

O primeiro trecho a ser recapeado teve início nas imediações da praça Getúlio Vargas, conhecida como praça do Mini Golf, e, nesta quarta feira, 21,o serviço esteve na avenida Rio Branco, nas imediações do Centro Cultural de Aracaju e o Terminal Pesqueiro. Mas o processo de fresagem já está bem mais adiantado do que o recapeamento e já segue no sentido zona Sul, chegando na praça Fausto Cardoso.

Neste pouco mais de um mês, a obra já dá uma nova aparência na avenida e ressignifica a mobilidade de uma das vias mais movimentadas da capital. "Estamos tentando manter o cronograma atualizado. É bom que se diga também que esta obra está dividida em etapas e pode acontecer que em algum momento os maquinários possam serem realocados para outro ponto e até diminuindo o ritmo para que outras equipes possam reforçar a rede de drenagem que cortam a Beira Mar", explica Sérgio Ferrari, secretário municipal de Infraestrutura.

Reutilização do asfalto fresado

Dois locais já receberam o material retirado da Beira Mar: Estrada do Aloque e o conjunto Princesa Isabel, criando um revestimento primário e melhorando a qualidade do pavimento. Somando o que foi aplicado nas duas localidades mais de 570 toneladas de asfalto fresado.