Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Saúde

Prefeitura oferta serviços de Saúde no Santa Maria em parceria com a Defensoria Pública

14/05/19 18h24

A Prefeitura Municipal de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), apoiou o mutirão de atendimento com orientações jurídicas e ação de prevenção à saúde da Defensoria Pública do Estado de Sergipe. A SMS foi responsável pela disponibilização dos insumos e da unidade itinerante Previna Móvel, com a oferta de testes rápidos de HIV, sífilis, hepatites B e C. O evento aconteceu em frente à Unidade Básica de Saúde (UBS) Celso Daniel, no bairro Santa Maria.

A defensora pública e diretora do Núcleo da Saúde da Defensoria, Carolina D’Ávila, informou que, por ser a semana do defensor público, está sendo realizada uma campanha da Defensoria Pública em parceria com a Associação dos Defensores Públicos em defesa dos direitos das mulheres. “É uma semana inteira de atividades e trouxemos atendimento jurídico para esta comunidade que é tão carente, bem como a ação de prevenção à saúde, em parceria com a SMS. O Brasil é o 5º país em violência contra a mulher e nós, defensores públicos, estamos fazendo esta campanha em favor delas”, explicou.

Na ação foram realizados 400 testes rápidos de HIV, sífilis, hepatite B e C. Houve verificação de pressão arterial e teste de glicemia capilar, além de uma palestra sobre a violência contra a mulher na sala de espera da UBS.

Parceria

Anualmente, a SMS faz parceria com a Defensoria Pública durante o evento. “Nesse dia, realizamos ações voltadas para a comunidade e reforçamos a importância da prevenção, fazendo testes rápidos e dando orientações. A parceria é interessante porque une a Defensoria, a Saúde e a Educação, uma vez que os estudantes da Escola Santa Anna estão aqui ajudando nos testes de glicemia e de aferição de pressão arterial”, ressaltou a coordenadora do Programa Municipal de Controle da Tuberculose e da Hanseníase, Léa Matos, que auxiliou a equipe do Programa de IST/Aids e Hepatites Virais.  

Além disso, o gerente da Celso Daniel, Wandenberg da Silva, disse que a Saúde também ajudou através da UBS. “Nosso apoio aqui foi da parte de logística. Disponibilizamos aparelhos de glicosímetro, fitas, álcool e algodão, uma sala para eles guardarem os materiais, enfim todo o apoio logístico mesmo. Foi uma ação muito boa, onde aproveitamos os usuários que frequentam a unidade diariamente. Durante a palestra sobre a violência contra a mulher, houve uma grande sensibilização”, afirmou.

A dona de casa Márcia Menezes dos Santos elogiou a oferta de serviços durante o evento. “Vim na unidade e me deparei com esse evento. Participei de tudo e gostei muito. Fiz teste de glicemia, verificaram a minha pressão, e como estava alta já me encaminharam para ser atendida pelo médico. Ainda aproveitei para tirar dúvidas sobre um processo judicial que envolve minha família”, disse.