Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Educação

Desfile Cívico realizado pela Prefeitura de Aracaju já tem data e tema

12/06/19 18h25

Com o tema ‘Navegando na Língu@’, será realizado, no dia 1º de setembro, o Desfile Cívico Estudantil de Aracaju, que abrirá as celebrações da ‘Semana da Pátria’ este ano. Para dar conta da tarefa, a Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Educação (Semed), se reuniu, no final da manhã desta quarta-feira, 12, com um grupo de escolas que participarão da atividade. O encontro ocorreu no auditório Antônio Vieira, anexo à Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente Vargas. 

Para a secretária da Educação de Aracaju, professora Maria Cecília Tavares Leite, será um momento importante. “Não é algo simples, mas vamos trazer a língua de uma forma que os alunos trabalhem didaticamente na escola antes do desfile, vivencie, experimente, que o público que acompanha saiba do que estamos falando. Por isso, nós mostraremos a língua na sua origem, mas também a língua como está sendo falada hoje, com as redes sociais, com as mídias digitais e com toda a influência que nós estamos tendo nesse momento, para refletir, inclusive, até que ponto a tecnologia está sendo facilitadora, benéfica, e o quanto está dificultando a língua”, afirmou.

A secretária adjunta da Educação, professora Maria Antônia de Arimateia, explicou o processo de organização que é iniciado meses antes do desfile. “Essa reunião é sempre de mobilização da rede. Primeiro, a gente começa a estudar um tema internamente, na comissão organizadora, analisa as possibilidades e, depois que essa possibilidade está delineada, a gente apresenta para a rede. Para este ano, escolhemos esse tema porque estamos no 20° aniversário da Língua Materna, data instituída pela Unesco, e é importante que a gente reforce a língua como um instrumento de identidade, num país continental que tem uma língua que é pujante, que precisa ser absorvida e tratada, então, nada mais justo que trazer para a rua Bahia a língua portuguesa. Queremos fazer um desfile que seja como uma aula pública, não algo sisudo. É um momento que precisa tocar os alunos e o público que estará assistindo”, ressaltou Antônia. 

Neste ano, em particular, tem uma peculiaridade: a data cai em pleno período de férias das escolas municipais. “Temos uma rede aguerrida. Precisamos cumprir um calendário letivo e ele prevê que a gente encerre o primeiro semestre em meados de agosto e, assim, vamos fazê-lo. A partir de agora, os diretores já começam a se organizar. As escolas já sinalizaram, cada uma buscando um tema que se identifica a algo que faz, um projeto que já existe na unidade, porque o desfile é cívico, mas, antes de qualquer coisa, ele é pedagógico”, destacou a secretária adjunta.  

A diretora da Emef José Conrado de Araújo, localizada no bairro São Conrado, professora Carla Cristina Gonçalves dos Santos Tavares, aprovou o tema. “Achei o tema muito interessante, porque ele tem a ver com a voz, com a cara dos nossos alunos. E aí calhou porque, por ser um período de férias, é mais um atrativo para que eles possam participar com mais afinco do desfile. Essa linguagem moderna, ainda que a gente fale um pouco de toda a história da língua portuguesa, é algo que está muito presente no interior das escolas. Se no ano passado a gente se superou, este ano, como dizem os alunos, seremos ainda melhores, com certeza. Até porque os diretores se empenham muito, a Secretaria sempre está junto com a gente e tenho certeza que as direções conseguirão mobilizar os alunos, mesmo no período de férias, e eles farão bonito na avenida porque eles amam participar do Desfile Cívico”, frisou.