Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Obras e Urbanização

Avanço da obra de infraestrutura do Jardim Bahia entusiasma moradores da comunidade

09/10/2019 08h15

A obra de infraestrutura das 15 ruas dos loteamentos Jardim Bahia I e II, no bairro Soledade, zona Norte da cidade, desperta nos moradores locais esperança de dias melhores. O projeto de urbanização da localidade, executado pela Prefeitura de Aracaju a partir de um investimento de quase R$3 milhões, contempla terraplanagem, drenagem pluvial e pavimentação asfáltica das 15 vias públicas.

Aposentado, Airton José de Andrade acompanha diariamente o ritmo de execução desta obra, que, segundo afirma, é muito aguardada todos a comunidade do Jardim Bahia. "Passamos a chuva com água quase entrando em casa, mas sabíamos que tudo passaria e aqui está a prova. Quando vejo estas máquinas escavando fico muito contente e certo de que futuramente veremos nossa comunidade com as ruas bem bonitas, limpas", diz, entusiasmado.

Israel Alves é morador do Jardim Bahia há 16 anos e, ao relembrar o que já passou, vê-se hoje animado com o avanço do projeto de urbanização da localidade onde mora. "Agora temos que ter a paciência para viver e aplaudir de pé quando esta obra estiver pronta. Para a gente que vive com tantos problemas o barulho das máquinas trabalhando é música", brinca seu Israel, ao destacar o diálogo mantido entre a Prefeitura e a comunidade.

Responsável técnica da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) pela inspeção, medições e relatórios que ditam o cronograma, a engenheira Ellana Dantas detalha a execução do projeto. "Inicialmente, os trabalhos foram prejudicados pelas chuvas. Em seguida, tivemos de aguardar a Deso concluir a sua parte de esgotamento e só agora mobilizamos o canteiro e cerca de 20 trabalhadores para começar a operar de fato com força total nesta obra tão sonhada", explica Ellana, ao relembrar os reiterados contatos que manteve com a população para informar os trâmites para o devido andamento da obra.

Compromisso

Para o secretário municipal da Infraestrutura, Sérgio Ferrari, esta obra, além de marcar  a história social da comunidade, consolida uma política administrativa compromissada em melhorar a vida das pessoas, filosofia de gestão adotada pelo prefeito Edvaldo Nogueira.

"Quando o prefeito me cobrava explicações sobre os motivos que impediam um ritmo mais célere eu sempre relatava tecnicamente os percalços, mas estamos trabalhando em um novo ritmo e em breve vamos entregar a essa comunidade ruas com as mesmas condições urbanas de qualquer outro ponto da cidade", avalia o secretário.

Pela complexidade urbanística do bairro Soledade, a obra será um marco arquitetônico em uma região definida como Área Especial de Interesse Social (AEIS) e caracterizada pela presença de loteamentos, empreendimentos e assentamentos habitacionais populares.

"Antes de ser o loteamento Jardim Bahia, o local era uma grande área alagadiça, e hoje, ao lado das comunidades Senhor do Bonfim, Porto do Gringo, Santa Madalena, conjunto Vale do Sol, Santa Catarina, Isabel Martins e Rosa do Sol, formam o bairro Soledade", explica Ferrari, ao destacar que essas obras que a Prefeitura está executando em toda a zona Norte estão inscritas no Planejamento Estratégico da gestão.