Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Serviços Urbanos

Em Aracaju, Prefeitura reforça serviços de limpeza urbana através de mutirões

01/05/2021 09h39

Contando com frentes de trabalho distintas, os mutirões de limpeza promovidos pela Prefeitura de Aracaju são ferramentas essenciais para a manutenção dos serviços urbanos na capital. Coordenados pela Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) com atividades de capinação, varrição, roçagem e recolhimento de resíduos, que são executados de forma paralela em diversas localidades, a administração municipal assegura o bem-estar à população aracajuana.

Segundo a Diretoria de Operações (Dirop), de janeiro a 28 de abril deste ano, os 42 bairros e áreas da Zona de Expansão foram contemplados por esta iniciativa que funciona como uma espécie de força-tarefa para otimizar as principais demandas identificadas nas comunidades. 

“Para atender com celeridade essas demandas, realizamos um planejamento específico e intersetorial para cada região da cidade, levando em consideração a extensão de cada local e o número de equipes a serem direcionadas. Os agentes percorrem todos os pontos monitorando-os e realizando os serviços de manutenção necessários. Com isso, conseguimos atender de forma igualitária a limpeza das áreas verdes, ruas e avenidas”, detalhou o diretor de Operações, Bruno Moraes.                                                                                                        
Vale ressaltar que esse leque de ações, com destaque para a capinação e roçagem, tem o seu cronograma realinhado sempre que necessário, de acordo com a situação do momento. É o caso do período chuvoso, onde o trabalho que já é executado rotineiramente é intensificado devido o crescimento rápido da vegetação. 

“Por isso, para dar conta do grande número de solicitações recebidas, contamos com o empenho de 42 equipes e o auxílio de 39 máquinas roçadeiras para o cumprimento de uma programação extensa, inclusive aos finais de semana”, destacou o diretor, lembrando que a manutenção destes procedimentos, além de garantir o embelezamento dos ambientes, contribui para evitar que os mecanismos de drenagem da cidade, a exemplo dos bueiros, fiquem obstruídos evitando possíveis pontos de alagamentos.

Nos últimos dias, a remoção manual feita com o uso de ferramentas como enxadas, sachos e gadanhos aconteceu em bairros como Aeroporto, 13 de Julho, América, Bugio, Dom Luciano, Centro, Getúlio Vargas, Suíssa, Grageru, Novo Paraíso São Corado e São José. Já no 18 do Forte, Capucho, Farolândia, Inácio Barbosa, Jardins, Luzia, Soledade e Siqueira Campos, o trabalho ocorreu com o suporte de maquinário.

Em todos os locais, durante as intervenções, o trabalho dos garis e margaridas é efetuado observando, ainda, a eliminação de possíveis focos de criatório do mosquito Aedes aegypti, como embalagens e garrafas PET. A atenção também está voltada para os terrenos e casas em situação de abandono.