WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Virada Cultural teve encerramento nos Mercados Centrais

22/03/2010 - 14h55
clique para ampliarPúblico aproveitou para dançar o autêntico forró (Fotos: Alejandro Zambrana)
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliarPaulita Oliveira
clique para ampliarLucimara Passos
clique para ampliarEstevão Andrantos
clique para ampliarNilson Rodrigues
clique para ampliarRoberto Almeida
Após uma programação com 24 horas de duração, já considerada um marco na história da capital, a Prefeitura de Aracaju organizou o encerramento da I Virada Cultural nos Mercados Centrais. O evento começou às 8h do último sábado, dia 20, e se estendeu até o domingo com um grande café da manhã animado por sanfoneiros contratados pela Prefeitura de Aracaju.

Segundo a presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), responsável pela administração dos Mercados Centrais, Lucimara Passos, a inserção do café da manhã na programação incentiva o comércio local. "Tomar café após as festas era um hábito antigo na cidade e queremos resgatar isso. Não só para fomentar a economia, mas, principalmente, a cultura local", detalha.

Um encontro de sanfoneiros regado com comidas tipicamente nordestinas: muitos participantes da Virada Cultural aprovaram a iniciativa. "Sou ator e trabalhei na Virada lá no Teatro Lourival Batista. Após a correria, aproveitei o evento para curtir as atrações do Beco dos Cocos e dos mercados. Muito bom dançar forró bem no início da manhã e tomar café nordestino", relata o paulista Estevão Andrantos.

Já para Roberto Almeida, o som da sanfona chamou a atenção. "Estava numa balada com um ritmo diferente, quando entro no Mercado para tomar café a convite dos amigos, a sanfona falou mais alto. Não resisti e também caí na dança. Acho que todo sergipano que se preze deve vir ao mercado", conta.

De acordo com os freqüentadores assíduos dos Mercados Centrais o domingo foi excepcional. O permissionário, Nilson Rodrigues, diz que a clientela aumentou. "Trabalho todos os dias, mas hoje está sendo diferente. A gente trabalha com emoção por ver a clientela dançando e feliz com a comida. Seria muito bom ter isso todo domingo". Já a vendedora de flores, Paulita Oliveira, "tomei café em casa, mas quando vi os sanfoneiros fiquei animada. Deixei até para abrir mais tarde o meu ponto e tomarei novamente um café da manhã".

Preparação

Além de organizar todo o evento, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Emsurb, preparou os permissionários dos locais. "Fizemos uma pesquisa para saber quem queria participar, quais os bares e restaurantes ficariam inseridos na Virada Cultural. Após isso, demos uma orientação básica sobre higiene e atendimento, inclusive, no fornecimento de toucas e aventais para que fosse mantido o estímulo no quesito: tratar bem o cliente para que ele volte", explica Passos.

Presença

Estiveram presentes no encerramento da Virada Cultural: Jeferson Dantas Passos (secretário Municipal de Finanças), major Edênisson Santos da Paixão (diretor-geral da Guarda Municipal), Waldoilson dos Santos Leite (presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esporte) e Lucimara Passos (presidente da Emsurb).

 

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital