Prefeitura Municipal de Aracaju/SE

Virada Cultural teve encerramento nos Mercados Centrais

Após uma programação com 24 horas de duração, já considerada um marco na história da capital, a Prefeitura de Aracaju organizou o encerramento da I Virada Cultural nos Mercados Centrais. O evento começou às 8h do último sábado, dia 20, e se estendeu até o domingo com um grande café da manhã animado por sanfoneiros contratados pela Prefeitura de Aracaju.

Segundo a presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), responsável pela administração dos Mercados Centrais, Lucimara Passos, a inserção do café da manhã na programação incentiva o comércio local. "Tomar café após as festas era um hábito antigo na cidade e queremos resgatar isso. Não só para fomentar a economia, mas, principalmente, a cultura local", detalha.

Um encontro de sanfoneiros regado com comidas tipicamente nordestinas: muitos participantes da Virada Cultural aprovaram a iniciativa. "Sou ator e trabalhei na Virada lá no Teatro Lourival Batista. Após a correria, aproveitei o evento para curtir as atrações do Beco dos Cocos e dos mercados. Muito bom dançar forró bem no início da manhã e tomar café nordestino", relata o paulista Estevão Andrantos.

Já para Roberto Almeida, o som da sanfona chamou a atenção. "Estava numa balada com um ritmo diferente, quando entro no Mercado para tomar café a convite dos amigos, a sanfona falou mais alto. Não resisti e também caí na dança. Acho que todo sergipano que se preze deve vir ao mercado", conta.

De acordo com os freqüentadores assíduos dos Mercados Centrais o domingo foi excepcional. O permissionário, Nilson Rodrigues, diz que a clientela aumentou. "Trabalho todos os dias, mas hoje está sendo diferente. A gente trabalha com emoção por ver a clientela dançando e feliz com a comida. Seria muito bom ter isso todo domingo". Já a vendedora de flores, Paulita Oliveira, "tomei café em casa, mas quando vi os sanfoneiros fiquei animada. Deixei até para abrir mais tarde o meu ponto e tomarei novamente um café da manhã".

Preparação

Além de organizar todo o evento, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Emsurb, preparou os permissionários dos locais. "Fizemos uma pesquisa para saber quem queria participar, quais os bares e restaurantes ficariam inseridos na Virada Cultural. Após isso, demos uma orientação básica sobre higiene e atendimento, inclusive, no fornecimento de toucas e aventais para que fosse mantido o estímulo no quesito: tratar bem o cliente para que ele volte", explica Passos.

Presença

Estiveram presentes no encerramento da Virada Cultural: Jeferson Dantas Passos (secretário Municipal de Finanças), major Edênisson Santos da Paixão (diretor-geral da Guarda Municipal), Waldoilson dos Santos Leite (presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esporte) e Lucimara Passos (presidente da Emsurb).