WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Índice da dengue é o menor dos últimos quatro anos

12/01/2011 - 15h12
clique para ampliarSilvio Santos e Taíse Cavalcante esclareceram as dúvidas dos jornalistas (Fotos: Nucom/SMS)
clique para ampliar
clique para ampliarColetiva ocorreu na sede da Secretaria de Saúde
clique para ampliar

O vice-prefeito de Aracaju e secretário municipal de Saúde, Silvio Santos, reuniu a imprensa na manhã desta quarta-feira, 12, na sede da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para divulgar o primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2011 e mostrar as ações que estão sendo realizadas no combate à dengue em Aracaju. O secretário apresentou dados mostrando a queda nos índices de infestação e tranquilizou a população da capital.

De acordo com o levantamento, ao fazer um comparativo do mês de janeiro deste ano com o último resultado de outubro de 2010, houve uma queda em 25% no percentual dos índices de infestação predial, saindo de 1,6% para 1,2%. Ao lado da coordenadora da Vigilância Epidemiológica do Município, Taíse Cavalcante, Silvio mostrou ainda que este é o menor índice de infestação para o mês de janeiro dos últimos quatro anos.

"A Prefeitura de Aracaju continua desenvolvendo intensamente uma série de ações de combate e prevenção: forças-tarefa, limpeza de terrenos, ações educativas e o resultado está sendo extremamente positivo. O índice caiu 25%, prova de que essas ações estão surtindo resultado. Os índices estão sob controle", explicou Silvio.

Também houve a diminuição nos índices de infestação em 25 bairros da capital com relação ao último LIRAa, o que equivale a 64% de diminuição. O secretário lembrou que o Ministério da Saúde divulgou na última terça-feira a informação de que Sergipe é um dos 16 estados do Brasil que corre risco muito alto de enfrentar uma epidemia de dengue neste verão, mas que o problema não afeta Aracaju.

"Quero tranquilizar a população e dizer que a prefeitura está fazendo sua parte. Todas as ações de combate ao mosquito estão sendo realizadas ininterruptamente de maneira efetiva e a maior prova disso é a queda dos índices", disse o secretário, lembrando que em outubro do ano passado nove bairros de Aracaju foram diagnosticados com índice de alto risco. São eles Coroa do Meio, Siqueira Campos, Cirurgia, Getúlio Vargas, 18 do Forte, Palestina, Santo Antônio, Bairro Industrial e Cidade Nova. Em janeiro nenhum bairro da capital recebeu essa classificação.

Imprensa

Silvio Santos agradeceu o apoio prestado pela imprensa sergipana que tem ajudado divulgando as ações da Secretaria Municipal de Saúde no combate ao Aedes aegypti. "Vocês da imprensa têm papel fundamental nesse processo de divulgação das ações e, graças a isso, temos tido êxito", pountou o secretário.

Uma grande preocupação continua sendo com as lavanderias e recipientes que acumulam água. Nesses locais é que se encontra o maior índice de proliferação. O secretário pediu que, caso a dona de casa não possa se desfazer da lavanderia, tome todos os cuidados necessários para evitar a presença do mosquito nesses recipientes.

Os agentes de endemias detectaram um grande número de focos do mosquito em lajes, ralos, sanitários em desuso e vasos de plantas. Outra preocupação é com as chuvas de verão. "Vamos seguir em alerta, com as equipes na rua, reforçando as ações preventivas e educativas, e continuar o trabalho que está dando certo", disse.

Silvio Santos encerrou a entrevista afirmando que as ações de combate à dengue continuam e destacou a importância de continuar chamando a atenção da população para os cuidados dentro de suas casas. "As pessoas precisam manter sempre o cuidado com o acúmulo de água em suas residências, o alerta tem que ser permanente. Como diz o nosso slogan, o combate à dengue começa dentro de casa", observou.

 

 

 

Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital