Prefeitura Municipal de Aracaju/SE

Escolas municipais terão jornada ampliada em 2011

No ano letivo de 2011, mais de 20 escolas da rede municipal de ensino estarão inseridas no Programa Mais Educação, criado pelo Governo Federal e voltado à ampliação da jornada escolar e à reorganização curricular. Na perspectiva da educação integral, o programa tende a ser um elemento de articulação no bairro, ao promover, em torno e a partir da escola pública, diversas ações na área da cultura, do esporte, dos direitos humanos e do desenvolvimento social.

A parceria entre a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) e o Ministério da Educação (MEC) para implementação do ‘Mais Educação' nas escolas municipais conta com apoio técnico e financeiro do Programa Dinheiro Direto na Escola - PDDE/Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

De acordo com a técnica da coordenação de ensino fundamental da Secretaria Municipal da Educação (Semed), Vânia Paixão, entre as unidades escolares inseridas no programa estão as Emefs Sabino Ribeiro e Dom José Vicente Távora. Nesta última, inúmeros pais de alunos aprovaram a iniciativa após uma reunião com a secretária municipal da Educação, Tereza Cristina Cerqueira da Graça, em março de 2010. O encontro teve o objetivo de deixa-los a par do processo que tende a otimizar ainda mais os espaços educativos, visando à melhoria da qualidade do ensino.

"A educação básica em tempo integral consiste na jornada escolar com duração igual ou superior a sete horas diárias, durante todo o período letivo, compreendendo o tempo total em que o aluno permanece na escola ou em atividades realizadas em outros espaços educacionais. Serão desenvolvidas atividades de acompanhamento pedagógico, experimentação e investigação científica, cultura e arte, esporte e lazer, cultura digital, educação econômica, comunicação e uso de mídias, meio ambiente, direitos humanos, práticas de prevenção aos agravos à saúde, promoção da saúde e da alimentação saudável, entre outras", detalha Vânia.

O Programa Mais Educação será desenvolvido em regime de colaboração entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, mediante prestação de assistência técnica e financeira aos programas de ampliação da jornada escolar diária nas escolas públicas de educação básica. Promover o diálogo entre os conteúdos escolares e os saberes locais, favorecer a convivência entre professores, alunos e suas comunidades e disseminar as experiências das escolas que desenvolvam ações de educação integral são alguns dos objetivos a serem alcançados.

Estrutura

Devidamente fardados, os alunos da rede municipal inseridos no Programa Mais Educação terão oportunidade de participar de aulas-passeio integradas a propostas pedagógicas. Serão visitados museus, galerias de arte, memoriais, praças, parques, planetário, pontos turísticos, monumentos, oceanário, cinemas, bibliotecas e órgãos da administração pública.

Para dar suporte a essa maratona de atividades, a Semed estará promovendo a formação continuada de professores, gestores e servidores; reuniões de pais e mestres com foco na educação integrada dos filhos; e visitas de professores e demais técnicos em educação às famílias e espaços da comunidade onde o programa será desenvolvido.

A Semed também vai promover eventos de integração escola-comunidade, com inclusão digital e oficinas ocupacionais; atividades voltadas para a saúde e prevenção; sistema de avaliação de desempenho acadêmico; incentivos de desempenho de gestão coletiva por metas, de forma a estabelecer bonificações para todos os servidores envolvidos.

Leia mais...

Projeto Escola Cidade Integrada vai oferecer atividades complementares