WEBMAIL

LINKS

ACESSO RÁPIDO

MENU

Saúde começa a melhorar acervo de equipamentos das unidades de saúde

17/05/2017 - 17h19
clique para ampliarFotos: Ascom/SMS
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliar

Gestão, compromisso com o usuário e criatividade. Essa combinação, que norteia o trabalho da Diretoria Administrativa e Financeira (DAF) da Secretaria Municipal da Saúde, começa a dar resultados visíveis como o de hoje, quando 17 das 44 Unidades Básicas de Saúde (UBS) receberam móveis e equipamentos restaurados. A melhoria foi graças ao contrato emergencial de manutenção patrimonial, fechado na semana passada.

“Começamos hoje a fazer a troca de móveis e equipamentos quebrados por peças restauradas. O trabalho consiste em recolher das unidades aquilo que está danificado e encaminhar para reparo”, explicou a diretora do DAF, Mônica Passos, informando que desde o último sábado, 13, até esta quarta-feira, 17, foram recolhidos das unidades da Rede de Atenção Básica três caminhões cheios de peças danificadas, entre elas cadeiras, longarinas, mesas, bebedouros, equipamentos médicos e hospitalares.

Segundo Mônica Passos, a maioria de mobiliários e equipamentos recolhidos está tão danificada que não terá conserto, é inservível e irá para leilão. Nesta quarta-feira, 17 unidades de saúde estão recebendo dez longarinas e um bebedouro, o que vai garantir mais dignidade aos usuários, que passam a ter um ambiente mais receptivo e acolhedor.

“Nosso objetivo é melhorar a estrutura das unidades. Sabemos que muito tem para ser feito e vamos fazer, sim, quando a situação financeira da secretaria melhorar. Enquanto isso não acontece, estamos fazendo aquilo que é possível e entendemos que esta ação vai melhorar as condições de acolhimento aos nossos usuários”, enfatizou a diretora do DAF.

As UBS contempladas nesta quarta-feira com longarinas e bebedouros foram Hugo Gurgel (Coroa do Meio), Santa Terezinha (Robalo), João Bezerra (Povoado Areia Branca), Celso Daniel (Santa Maria), Humberto Mourão (São Conrado), Fernando Sampaio (Castelo Branco), Adel Nunes (bairro América), João Cardoso (José Conrado de Araújo), Anália Pina (Almirante Tamandaré), Onésimo Pinto (Jardim Centenário), Carlos Hardman (Soledade), Francisco Fonseca (18 do Forte), José Quintiliano (Getimana), Carlos Fernandes (Lamarão), Porto D'Antas e João Oliveira Sobral (Santos Dumont).

Para o secretário municipal da Saúde, André Sotero, este será um ano de administração da crise financeira, com adoção de medidas de contenção de despesas e de gastos apenas com aquilo que é imprescindível. “Estamos em um ano de dificuldades financeiras, mas, no contraponto, temos uma equipe de trabalho muito comprometida com a gestão, com os trabalhadores e com os usuários, e estamos buscando alternativas que venham a melhorar a oferta dos serviços de saúde, das condições de trabalho e do acolhimento aos nossos usuários. O que o DAF está fazendo mostra bem esse espírito”, declarou André Sotero.


Twittar Curtir
TAMANHO DA FONTE A+ A-
Prefeitura Municipal de Aracaju
Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos Rua Frei Luís Canelo de Noronha, 42 - Conj. Costa e Silva - CEP 49097-270
Aracaju, Sergipe - Brasil - Fone: (79) 4009-7800

Swapi Agência Digital