Fundat prepara artesãs para Páscoa

Formação para o Trabalho
12/03/2013 17h58

Considerado um dos feriados religiosos mais tradicionais no mundo, a Páscoa significa para os cristãos um rito de passagem, quando é comemorada a ressureição de Cristo. Durante a celebração, alguns símbolos são utilizados como forma de celebrar a data, a exemplo do vinho, pão, e, um dos mais desejados, os ovos de Páscoa. O consumo dessa iguaria aclamada por todos os gêneros e idades é responsável pela movimentação financeira de aproximadamente R$ 4 bilhões, segundo pesquisa realizada pelo IPC Marketing sobre a expectativa de vendas do comércio para esse ano.

Aproveitando a proximidade do feriado e a oportunidade de renda extra que ele consegue gerar, a Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat) ofertou as oficinas de confecção de ovos e objetos decorativos para a Páscoa, nas unidades de qualificação do Jardim Centenário e Santos Dumont. As aulas de encerramento, realizadas nesta terça-feira, 12, foram direcionadas para a finalização dos objetos elaborados nas oficinas, além das últimas dicas e instruções sobre a melhor forma de apresentação dos produtos aos clientes.

Segundo a instrutora do curso de ovos de Páscoa, Ana Paula Aquino, as aulas contemplaram conhecimentos que abordavam desde o processo de elaboração dos doces até a embalagem final. "Queríamos que as alunas conhecessem todas as etapas do processo de fabricação, a fim de que elas tivessem facilidade para futura comercialização dos produtos. Além disso, foram mostradas dicas básicas de melhor forma de preparação e também sobre a higienização e manipulação correta do alimento", diz.

Mesmo centralizando a confecção dos produtos no tema pascoal, as oficinas foram planejadas para que os participantes pudessem desenvolver a produção de objetos variados, a partir do manuseio correto de materiais básicos. Segundo explica a instrutora do curso de enfeites e artesanato, Renise Menezes, a intenção é que os trabalhos pudessem ser adaptados para ser comercializados em qualquer data comemorativa do ano ou até para outras produções.

"Podia ser uma festinha de aniversário, Dia das Mães e até outro evento, a questão é mostrar como eles podem explorar sua criatividade, sem restrições ao tema. Para o curso de artesanato, foi mostrado o material básico dos objetos, como seria a montagem de alguns deles e quais materiais combinam melhor um com os outros. A ideia principal é deixar que a criatividade fique solta e que eles possam explorar novas maneiras de produção dos enfeites", afirma. 

Renda

Atualmente desempregada, a aluna Cristiane Moura acredita que o curso ajudará na busca de uma renda complementar para o orçamento da sua família. "Como estou parada, vejo que posso ganhar algum dinheiro se der continuidade ao que aprendi nos cursos. Já me adiantei e consegui uma encomenda para a próxima semana. Ainda fiquei mais feliz quando a professora comentou que é possível tirar o dobro de lucro do que foi produzido", comenta.