Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Formação para o Trabalho

Prefeitura capacita cidadãos para o mercado da comunicação em redes sociais

11/02/2020 11h15

A Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Fundação Municipal de formação para o Trabalho (Fundat), realizou na manhã desta terça, 11, a oficina de Mídias Sociais (4h). A capacitação aconteceu no auditório da Escola do Legislativo (Elese) e foi ministrada pelo instrutor da Fundação, Jonathan Viana.

A proposta da oficina foi abordar temas relevantes e específicos para o cotidiano midiático de quem trabalha ou deseja atuar com as plataformas digitais, além de falar sobre a importância das empresas posicionarem a sua marca dentro do meio digital.

A oficina de Mídias Sociais foi uma das mais procuradas pelos que fizeram suas inscrições para os cursos e oficinas da Fundat neste mês. A oportunidade de aperfeiçoar o currículo e adquirir conhecimento através de profissionais capacitados na área é um ótimo caminho para mudar a vida, por meio do investimento na carreira profissional.

Segundo o instrutor, as redes sociais da internet são ferramentas que foram criadas com o propósito de facilitar as relações sociais de pessoas que compartilham dos mesmos interesses, experiências ou ainda conexões na vida real.

"Seja para uso pessoal ou profissional, elas são caracterizadas como plataformas interativas, que contam com uma grande variedade de serviços agregados, além de servirem como um excelente lugar de visibilidade para as marcas que desejam posicionar-se no campo digital", explica Jonathan.

Novos aprendizados
Graduada em Comunicação Social, a participante Joice Carla, 24, está buscando por qualificações que lhe tragam novas oportunidades e, por isso se inscreveu nas oficinas de Mídias Digitais, Empreendedorismo Digital e Oratória, que estão associadas a sua profissão e foram oferecidas pela Fundat.

"É uma oportunidade importante, pois abrange toda comunidade externa que muitas vezes não tem a chance em outra instituição", ressaltou Joice.

A escolha das capacitações também foi feita pela percepção do comportamento da sociedade que a comunicóloga Joice Carla tem. "Vai agregar muito ao meu currículo e me ajudar a aperfeiçoar minhas especialidades. Além disso, atribui maior conhecimento para a minha profissão, já que elas [as oficinas] têm a ver com a minha área profissional", finaliza.

Para Kayo Vinícius, 19, a oficina vai oportunizá-lo expandir suas redes sociais e ganhar seguidores. Ele também tem o sonho de utilizar o aprendizado adquirido para ajudar a mãe a divulgar a conta profissional dela.

"Foi meu primeiro curso, é um tema bastante atual e a gente precisa se aperfeiçoar cada vez mais. Minha mãe tem uma empresa de realização de eventos, trabalha com doces, salgados, serviços de garçons. Acredito que essa seja uma ótima maneira de conseguir fazer ela ganhar mais clientes", destacou o jovem.