Prefeitura Municipal de Aracaju/SE
Agência Aracaju de Notícias

Na Câmara, prefeito faz balanço de 3 anos da gestão e apresenta projetos para o futuro de Aracaju

18/02/2020 12h41

O prefeito Edvaldo Nogueira abriu, nesta terça-feira, 18, a primeira sessão ordinária do ano da Câmara Municipal de Aracaju. Na mensagem ao parlamento, o gestor municipal fez um balanço do trabalho desenvolvido pela Prefeitura nos últimos três anos e apresentou as perspectivas para a cidade em 2020. Edvaldo destacou o Plano de Obras da capital, o Projeto de Mobilidade Urbana e os avanços significativos da agenda social na atual administração, com enfoque na Saúde e Educação. Juntos, os projetos expostos pelo prefeito representam investimentos em Aracaju da ordem de R$ 800 milhões.

“Trouxe uma mensagem que mostra o nosso trabalho nos últimos três anos de administração, que destaca as obras em execução na nossa cidade, entre outras ações, como o pagamento de R$ 500 milhões da dívida herdada e a regularização dos salários dos servidores, que hoje recebem dentro no mês trabalhado. Mostramos as melhorias na Saúde, Educação, no Projeto de Mobilidade Urbana, a limpeza da capital, hoje considerada uma das mais limpas do Brasil. Mostramos o trabalho feito no presente, mas também voltado para o futuro”, destacou o prefeito.

Na mensagem, Edvaldo fez um minucioso relato dos desafios enfrentados pela sua gestão e mostrou, com dados objetivos, as transformações que a cidade vivenciou nos últimos 37 meses. O prefeito relembrou o “cenário desolador” encontrado em 2017 (dívidas de curto prazo de R$ 540 milhões, serviços paralisados, lixo nas ruas, crianças sem aulas, servidores com dois salários atrasados, categorias em greve, unidades de saúde sem medicamentos, obras paralisadas, ruas e avenidas tomadas por buracos, além de uma grande desorganização administrativa) e as medidas tomadas por sua administração para superar as dificuldades e melhorar a vida dos cidadãos.

“Pensando sempre na cidade e no bem-estar das pessoas, trabalhamos muito para reverter este quadro. Desde o primeiro mês, retomamos o pagamento em dia dos servidores. De lá para cá, já se passaram 37 meses, período no qual pagamos 42 folhas salariais. Investimos R$ 3,4 bilhões no pagamento do salário do servidor. E por falar nisso, os salários de fevereiro já serão pagos nesta sexta-feira, de maneira antecipada”, destacou.

Em relação à dívida de R$ 540 milhões herdada da gestão anterior, Edvaldo informou que já realizou o pagamento de R$ 500 milhões. “Não demos calote, pois entendemos que a regularização destes pagamentos traria de volta o respeito do fornecedor para com a Prefeitura e a garantia da geração de emprego para milhares de trabalhadores da cidade, além de ser um forte incremento na economia”, justificou.

O prefeito destacou avanços nas áreas prioritárias. Na limpeza pública, ele pontuou a regularização da prestação do serviço e a realização da licitação. Sobre as ruas e avenidas, o gestor falou do programa de recuperação que já aplicou 113,5 mil toneladas de asfalto na cidade seja na operação tapa-buraco das ruas seja no recapeamento das principais avenidas, “o que equivale a 148 km de vias recuperadas com muita qualidade”.

Em relação à Educação e a Saúde, Edvaldo fez referência aos “saltos significativos” experimentados nas duas áreas. “Não houve um dia sequer sem aula. Com professores em todas as turmas, com novas creches e escolas, com reformas em todas as unidades de ensino e com uma alimentação escolar de qualidade, nossos mais de 30 mil alunos, do Ensino Infantil e Fundamental, voltaram a ter uma Educação digna”, afirmou.

“Na Saúde, realizamos a contratação de mais de 1.250 profissionais, para todas as áreas, o que repercutiu na melhoria do atendimento. Reformamos unidades de saúde e construímos novas. O fornecimento de medicamentos está em 93%, muito superior aos 49% que encontramos em janeiro de 2017. As duas unidades de pronto atendimento têm funcionado com muita qualidade, desde que decidimos pela terceirização do Nestor Piva. Além disso, adquirimos R$ 10 milhões em novos equipamentos. É óbvio que ainda temos muito a avançar, mas as melhorias são latentes”, complementou.

Retomada de obras

Em sua mensagem ao parlamento, Edvaldo elencou também as inúmeras obras em execução na cidade. Na lista de obras retomadas a partir de 2017 e que estão, em sua maioria, concluídas ou em fase avançada de finalização, o gestor municipal incluiu a infraestrutura do loteamento Pantanal, Coqueiral, do Barroso, Jardim Petrópolis, loteamento Aruana, do Marivan, da segunda etapa do 17 de Março, da Atalaia e Coroa do Meio e a cobertura da Canal 3, no Augusto Franco.

Foram apontadas por ele ainda a Praça de Esportes e Cultura do Olaria; a reforma da Praça dos Expedicionários; a construção do Centro de Iniciação ao Esporte no Bugio; a interligação entre os bairros Santa Maria e 17 de Março; a construção do Canal Beira Mar e a construção de uma unidade de saúde e duas escolas no bairro 17 de Março e a construção da primeira maternidade público municipal da cidade.

O prefeito também citou os novos projetos, iniciados na atual gestão, a exemplo da infraestrutura do canal do São Carlos; a recuperação da avenida Euclides Figueiredo; a infraestrutura dos loteamentos Moema Mary, Jardim Bahia, Tia Caçula, Jardim Indara, Guarujá, Rosa do Sol, Isabel Martins e Santa Catarina; a construção da avenida de 1 km do Japãozinho e toda a infraestrutura da localidade.

“Como prioridade, neste ano, vamos concluir todas as obras que estão em nosso portfólio, desde os projetos de infraestrutura, nas zonas Norte e Sul, até o Projeto de Mobilidade Urbana, com a reestruturação dos terminais de integração e a construção de um novo. Também vamos concluir a primeira maternidade pública municipal, no 17 de Março, transformando a saúde da nossa cidade. Vamos honrar com tudo aquilo com o que nos comprometemos. Será um ano de colheitas”, assegurou Edvaldo.

Ao falar sobre novos investimentos, o prefeito deu ênfase aos planos que serão colocados em prática com enfoque no futuro da capital sergipana. Ele destacou os projetos estruturantes que serão executados com recursos do financiamento junto ao Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID), a construção do residencial das Mangabeiras, com 1.102 casas, fruto de um convênio com o Governo Federal, e a Parceria Público-Privada para a iluminação pública da cidade.

“Vamos dar início a Perimetral Oeste, ligando Socorro a Aracaju, a reforma do Parque da Sementeira, a construção de unidades habitacionais, de novas áreas de lazer e, entre outras novidades, a realização de novas obras de infraestrutura. Vamos também firmar a Parceria Público-Privada para substituir os 58 mil pontos de luz da cidade e construir o residencial das Mangabeiras. Seja no projeto para o presente ou nas perspectivas para o futuro, acredito que tenho cumprido meu papel, de melhorar a cidade e torná-la, novamente, a capital da qualidade de vida”, reiterou.

Cidade inteligente

A construção de uma cidade mais humana, inteligente e criativa também foi abordada pelo gestor municipal em sua mensagem. Edvaldo apresentou, em seu discurso, como a tecnologia está sendo usada em Aracaju a favor da população, também mostrou a adoção de ideias criativas e sustentáveis pela administração municipal e a presença constante da inovação a serviço do cidadão.

A matrícula online nas escolas; a aquisição de maletas digitais, contendo notebooks e tablets, para serem utilizadas pelos professores e alunos durante as aulas; a implantação do cabeamento por fibra ótica na cidade, o Prontuário Eletrônico em todas as unidades de saúde; a implantação da plataforma AjuInteligente, o reaproveitamento do asfalto fresado, a instalação de ecopontos, o sistema de videomonitoramento nas escolas, unidades de saúde e secretarias municipais, o programa Terminal seguro e a Patrulha Maria da Penha foram destacados pelo prefeito.

“Profundo caráter social”

Para Edvaldo, “o imenso acervo de obras e serviços apresentados expõe de modo inquestionável o valor singular e principal de todas as nossas realizações, que é o profundo caráter social do que fizemos até hoje”. O prefeito ressaltou que “só mesmo aqueles movido pela má vontade, interesses menores ou mesmo a má fé, são capazes de não enxergar isso e tentar reduzir essas grandes conquistas do povo aracajuano a um conjunto menor”.

O gestor municipal ainda ressaltou que as obras e serviços executados na cidade têm grande impacto na vida dos que mais precisam. “São milhares de pessoas que antes pisavam na lama e na poeira e que hoje pisam em ruas pavimentadas e asfaltadas, são crianças e adolescentes acolhidas em novas escolas e recebendo educação de qualidade, são usuários que esperavam até mais de um ano por um atendimento ou que não conseguiam acesso à rede de saúde numa situação de urgência e que hoje são bem atendidos e têm seus procedimentos agilizados”, disse.

Ao final do seu discurso, Edvaldo reafirmou seus compromissos com a população. “Os aracajuanos me conhecem, me vêem diariamente trabalhando duro, encontram comigo nas obras, nos bairros, nas ruas, estão comigo nas redes sociais. Amo Aracaju e amo ser prefeito desta cidade. 2020, último ano da nossa gestão, não arredarei pé dos meus compromissos e responsabilidades. Nenhuma outra questão será mais importante para mim do que seguir governando com ética, responsabilidade, respeito ao dinheiro público e foco na melhoria de vida do cidadão”, declarou.